19 de setembro de 2018, 16h45

Ciro diz para eleitor não transferir voto com base em pesquisas. Vídeo

O presidenciável divulgou um vídeo em sua página do Facebook dizendo para eleitor não transferir voto com base nas pesquisas de intenção de voto. Na publicação, ele afirma que os levantamentos internos de sua candidatura mostram resultados diferentes.

O presidenciável Ciro Gomes (PDT) divulgou um vídeo em sua página do Facebook dizendo para eleitor não transferir voto com base nas pesquisas de intenção de voto. Na publicação, ele afirma que os levantamentos internos de sua candidatura mostram resultados diferentes.

Segundo Ciro, é preciso “acabar com essa divisão que vem paralisando nosso país e fazendo o povo sofrer”, se referindo à briga PT e anti-PT. O candidato também convoca seus eleitores para ir para a rua em busca de mais votos. Para ele, “vai ganhar aquele que tiver a militância mais entusiasmada”.

Para o candidato do PDT, ainda existem muitas pessoas indecisas sobre o que fazer no dia das eleições e que os resultados estão completamente abertos.

Para ilustrar sua ideia, Ciro compartilhou um vídeo de poucos dias antes das eleições de 2014, em que Dilma Rousseff e Marina Silva apareciam como as possíveis candidatas a irem para um segundo turno naquele ano. Como sabemos, Dilma disputou a segunda etapa com Aécio Neves. “A lição que fica é que a gente nunca deve transferir a nossa decisão para os institutos de pesquisa”, afirmou Ciro.