Imprensa livre e independente
07 de novembro de 2018, 18h22

Ciro e Marina discutem estratégias de oposição a Bolsonaro em reunião

Os candidatos a presidente derrotados no primeiro turno Ciro Gomes (PDT) e Marina Silva (Rede) se reuniram em Brasília. “Falamos sobre o futuro do Brasil”, disse o pedetista

Foto: Reprodução/YouTube Ciro Gomes (PDT) e Marina Silva (Rede), ambos candidatos a presidente derrotados no primeiro turno das eleições presidenciais, se reuniram nesta quarta-feira (7), em Brasília, para debater o atual cenário político nacional e discutir estratégias de oposição ao governo do militar Jair Bolsonaro (PSL). Ambos comentaram o encontro e suas contas no Twitter: “Procurei Marina Silva hoje para uma conversa. O encontro aconteceu na sede da Rede, em Brasília. Falamos sobre o futuro do Brasil, principalmente em relação à defesa da institucionalidade democrática, dos interesses nacionais e da pauta das populações mais vulneráveis”, escreveu Ciro em sua rede...

Foto: Reprodução/YouTube

Ciro Gomes (PDT) e Marina Silva (Rede), ambos candidatos a presidente derrotados no primeiro turno das eleições presidenciais, se reuniram nesta quarta-feira (7), em Brasília, para debater o atual cenário político nacional e discutir estratégias de oposição ao governo do militar Jair Bolsonaro (PSL).

Ambos comentaram o encontro e suas contas no Twitter: “Procurei Marina Silva hoje para uma conversa. O encontro aconteceu na sede da Rede, em Brasília. Falamos sobre o futuro do Brasil, principalmente em relação à defesa da institucionalidade democrática, dos interesses nacionais e da pauta das populações mais vulneráveis”, escreveu Ciro em sua rede social.

“Hoje recebi a visita do Ciro Gomes em Brasília. Trocamos ideias sobre o desafio de uma oposição democrática, que seja comprometida com o desenvolvimento sustentável, a defesa das instituições e do interesse nacional”, tuitou Marina.

Veja também:  "Não se fala em povo nesse governo", critica Lula

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum