Imprensa livre e independente
20 de outubro de 2017, 09h07

Ciro Gomes, ao se referir a Marina Silva: “O Brasil precisa de testosterona”

Pré-candidato à presidência da República analisou panorama eleitoral durante evento com empresários no Rio de Janeiro e disse que Aécio Neves é um “cadáver político”.

Pré-candidato à presidência da República analisou panorama eleitoral durante evento com empresários no Rio de Janeiro e disse que Aécio Neves é um “cadáver político”. Da Redação* O pré-candidato à presidência da República pelo PDT, o ex-ministro Ciro Gomes voltou a polemizar. Em declaração sobre Marina Silva (Rede), ele disse que “o Brasil precisa de testosterona”. Em evento com empresários, na sede da Firjan (Indústrias do Estado do Rio de Janeiro), segundo o jornal O Estado de S.Paulo, o ex-governador do Ceará citou o hormônio masculino para reforçar que não a vê com “apetite para ser candidata” em 2018. “Eu...

Pré-candidato à presidência da República analisou panorama eleitoral durante evento com empresários no Rio de Janeiro e disse que Aécio Neves é um “cadáver político”.

Da Redação*

O pré-candidato à presidência da República pelo PDT, o ex-ministro Ciro Gomes voltou a polemizar. Em declaração sobre Marina Silva (Rede), ele disse que “o Brasil precisa de testosterona”. Em evento com empresários, na sede da Firjan (Indústrias do Estado do Rio de Janeiro), segundo o jornal O Estado de S.Paulo, o ex-governador do Ceará citou o hormônio masculino para reforçar que não a vê com “apetite para ser candidata” em 2018.

“Eu não estou vendo a Marina com apetite para ser candidata. Ou é tática nova que nunca vi na vida. Esse negócio de jogar parado. Não vejo ela com energia. Eu não elogio isso, é algo do Brasil. E o momento é muito de testosterona, é um momento muito agressivo, e ela tem uma psicologia muito avessa a isso. Eu estou achando que ela não é candidata”, avaliou.

Veja também:  Lula sobre a Lava Jato: "As instituições não podem ser comandadas por moleques"

Ainda de acordo com o jornal, durante o evento, Ciro também fez críticas à postura do PSDB dizendo que o partido “vai fazer uma campanha situacionista” para 2018 e citou nomes de Geraldo Alckmin, João Doria e Aécio Neves, a quem chamou de “cadáver político”. “PSDB vai fazer campanha situacionista, segurar a alça do caixão de um governo que tem 3% de aprovação. Vai deixar para véspera da eleição para sair e ficar com justa estigma de oportunista. Para não parar de fazer besteira, o Doria contesta o Alckmin, que o inventou. Qualquer político sabe que o Alckmin aumentava as remotas e decrescentes chances do PSDB. O Aécio é um cadáver político, e o que se faz com um cadáver é sepultar. E aí não sei por que não se sepulta. O cara está lá dando as cartas”.

*Com informações do Huffpost

 Foto: EBC

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum