Imprensa livre e independente
23 de agosto de 2018, 18h40

Ciro ironiza Bolsonaro: “Não aguenta brincar, não desce pro play”

Provocação do candidato do PDT se deu como reação ao fato de que Bolsonaro informou que não participará do próximo debate entre presidenciáveis

Reprodução
Em entrevista concedida durante agenda de campanha em Ceilândia (DF), o candidato do PDT à presidência, Ciro Gomes, ironizou o fato de Jair Bolsonaro (PSL) ter anunciado que desistiu de participar do próximo debate de presidenciáveis, que será promovido pela rádio Jovem Pan na próxima segunda-feira (27). “Quem quer ser presidente do país como nós não pode ficar só falando para convertidos. É preciso se submeter a críticas senão fica muito inconfiável, né? Você falar um monte de disparate, a maior bobagem do mundo e não ter contesttação porque você está dentro de uma cápsula, uma bolha. Se você não...

Em entrevista concedida durante agenda de campanha em Ceilândia (DF), o candidato do PDT à presidência, Ciro Gomes, ironizou o fato de Jair Bolsonaro (PSL) ter anunciado que desistiu de participar do próximo debate de presidenciáveis, que será promovido pela rádio Jovem Pan na próxima segunda-feira (27).

“Quem quer ser presidente do país como nós não pode ficar só falando para convertidos. É preciso se submeter a críticas senão fica muito inconfiável, né? Você falar um monte de disparate, a maior bobagem do mundo e não ter contesttação porque você está dentro de uma cápsula, uma bolha. Se você não aguenta brincar, não desce pro play. É isso o que eu vou dizer pro meu amigo”, provocou Ciro.

De acordo com Bolsonaro, os atos de campanha têm sido mais “produtivos” que os debates e que, por isso, não deverá participar dos próximos.

Veja também:  Bancada do PT pede ao TCU apuração da viagem de Bolsonaro e ministros a Dallas

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum