12 de dezembro de 2017, 20h10

Coincidência? Julgamento de Lula acontece exatamente um ano após Dona Marisa ser internada com um AVC

O julgamento em segunda instância do o ex-presidente, cujo o processo tramitou em tempo recorde, foi marcado para o dia 24 de janeiro – exatamente um ano após a ex-primeira-dama dar entrada no hospital e ser diagnosticada com AVC. Ela faleceu 9 dias depois

Por Redação

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) marcou o julgamento do recurso do ex-presidente Lula do processo pelo qual foi condenado por Sérgio Moro para o dia 24 de janeiro.  Coincidência ou não, nesta data fará exatamente um ano que a ex-primeira dama, dona Marisa Letícia, deu entrada no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, com um AVC hemorrágico. Ela veio a falecer 9 dias depois.

Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais.

Algo parecido já aconteceu logo após a morte de Dona Marisa Letícia. Na ocasião, o juiz Sérgio Moro marcou uma audiência com Lula no dia da missa de sétimo de dia de morte da ex-primeira-dama.

Quanto ao julgamento de Lula, que pode confirmar a condenação pelo caso do “triplex do Guarujá” e torná-lo inelegível, é resultado do processo que tramitou mais rápido em toda a Lava Jato.

“Pelo levantamento que fizemos, foi uma tramitação recorde. O que está em discussão é a isonomia de tratamento dada a Lula. Ele deveria ser tratado como todos os outros réus”, criticou um dos advogados de Lula, Cristiano Zanin.