ASSISTA
14 de Janeiro de 2015, 13h55

Collor deve ser denunciado pelo Ministério Público ao STF

Durante as investigações da operação Lava Jato, foram encontrados comprovantes de depósitos do doleiro Alberto Youssef na conta do ex-presidente.

Durante as investigações da operação Lava Jato, foram encontrados comprovantes de depósitos do doleiro Alberto Youssef na conta do ex-presidente

Por Redação

O ex-presidente da República e senador Fernando Collor (PTB-AL) deve ser denunciado pela Procuradoria-Geral da República ao Supremo Tribunal Federal no início de fevereiro, quando os pedidos de investigações contra políticos serão encaminhados ao STF.

Durante as investigações realizadas em 2014, a Polícia Federal encontrou no escritório do doleiro Alberto Youssef oito comprovantes de depósitos para o senador, que, somados, chegam à quantia de R$ 50 mil. Os depósitos foram realizados em dinheiro entre os dias 2 e 3 maio de 2013.

Em maio do ano passado, quando as denúncias se tornaram públicas, Collor foi à tribuna do Senado se defender. Porém, à época, não explicou a origem dos comprovantes e negou ter tido qualquer relação com o doleiro.

Na delação premiada, o ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, declarou que há entre 40 e 50 parlamentares envolvidos no esquema de desvio de recursos públicos investigado pela Polícia Federal.

Foto: Agência Brasil