#Daniela Lima

15 de outubro de 2018, 20h50

Primeiro levarão os professores

Daniela Lima: “O fascismo não é um parêntese, uma regressão inexplicável ou uma exceção à regra do progresso. O fascismo é a regra a ser combatida e seu inimigo irredutível é o pensamento crítico”


12 de outubro de 2018, 16h31

Arnaldo Antunes: poesia contra o fascismo

Daniela Lima: “Na ditadura miliar, foi a arte que rompeu a censura e ajudou a construir formas alternativas de resistência – talvez tenhamos nos esquecido disso. Mas Arnaldo, com a violência delicada de seu poema, nos lembrou”


09 de outubro de 2018, 18h00

Vencer o fascismo não é uma questão partidária

Daniela Lima escreve em novo artigo: “O fascismo transforma insatisfação em ódio, ao determinar um inimigo que se torna automaticamente responsável por todas as frustrações de uma determinada coletividade”


13 de setembro de 2018, 16h33

Ciro x Haddad: Estamos escolhendo o inimigo certo?

Daniela Lima, em novo artigo, escreve: “O novo não vai surgir pelas mãos de nenhum candidato, mas por um protagonismo político para além do voto. Outubro é só o começo”


18 de fevereiro de 2018, 11h04

A espetacularização da intervenção militar

Será que a falsa sensação de segurança das classes mais altas por meio da intervenção militar garantirá algum capital eleitoral para um governo com índices altíssimos de rejeição?


26 de janeiro de 2016, 15h42

O controle dos corpos das gestantes como forma de prevenção do Zika

Pouco importa que se trate ou não de utopia: temos aí um processo bem real de luta; a vida como objeto político foi de algum modo tomada ao pé da letra e voltada para o sistema que tentava controlá-la. – Michel Foucault    “Sexo é para amadores, gravidez é para profissionais” [1], a frase do ministro […]