#Julian Rodrigues

30 de outubro de 2018, 09h11

Bolsonaro ganhou, e agora?

A vitória de Bolsonaro nem de longe é a pior coisa que já aconteceu no Brasil. Os que vieram antes de nós enfrentaram condições muito mais difíceis. Esse ciclo regressivo vai passar


19 de outubro de 2018, 15h33

Contra o neofascismo eu apoio Márcio França

Julian Rodrigues: “Sem vacilação ou dúvida nessa hora. Precisamos de espaços para respirar. O pior cenário em São Paulo seria uma vitória bolsodória – uma verdadeira tragédia”


10 de outubro de 2018, 08h21

Para entender melhor a guerra: pitacos para a campanha Haddad/Manu

Lava-Jato + Globo produziram um protagonismo sem precedentes da extrema-direita. Os partidos de direita e centro-direita que patrocinaram o golpe se derreteram


06 de outubro de 2018, 10h13

Haverá segundo turno: e o resultado da guerra está totalmente em aberto

Em novo artigo, Julian Rodrigues diz: “Não existirá espaço para vacilações ou dúvidas. No segundo turno temos a tarefa de fazer eclodir o que há de melhor, o que há de justo, o que há de belo, o que há de razoável e racional em nosso país. Será uma guerra implacável”


30 de setembro de 2018, 09h42

#Elenão e #elestambémnão: derrotar os neofascistas e os neoliberais

Aparentemente há uma divisão no andar de cima. Uma parte já aderiu ou prepara sua adesão ao bonde do militar. Outro setor tenta desesperadamente empurrar o tucano pro segundo turno


22 de setembro de 2018, 10h20

É possível derrotar o golpe neoliberal e o neofascismo ao mesmo tempo?

Em novo artigo, Julian Rodrigues discorre sobre as estratégias do PT e os desafios para enfrentar a escalada neofascista e liberal


06 de setembro de 2018, 22h24

Sobre a facada em Bolsonaro e o que muda daqui para frente no processo eleitoral

Julian Rodrigues resume em dez pontos de que forma o ataque contra Jair Bolsonaro influencia no processo eleitoral e sugere os caminhos a serem adotados pela esquerda


19 de agosto de 2018, 09h46

Propostas avançadas para garantir direitos

Lula vai instituir nacionalmente o Programa Transcidadania, executado por Haddad quando prefeito de São Paulo. Um projeto que tenho o orgulho de ter concebido quando fui Coordenador LGBT da administração de Fernando Haddad


19 de julho de 2018, 09h25

Legalizar as drogas deve ser uma prioridade da esquerda?

Em novo artigo, Julian Rodrigues indaga: “Lutar pela descriminalização da maconha e debater um novo marco legal que ponha fim à “guerra às drogas” é uma agenda segmentada e vanguardista?”


06 de julho de 2018, 12h26

Segurança pública: a esquerda precisa enfrentar o senso comum conservador

São Paulo tem uma das polícias que mais mata no mundo e a maior população carcerária do país – está na hora de apresentar uma plataforma o ousada e progressista nas eleições para  governo do Estado


19 de maio de 2018, 10h31

“O Processo” é cinema dos bons (e tem lado)

Julian Rodrigues escreve novo artigo e aborda o documentário de Maria Augusta Ramos: “O filme garantiu seu lugar na trajetória da construção histórica da interpretação popular sobre os eventos de 2016”


21 de abril de 2018, 12h50

Zé Dirceu e suas contradições: a lucidez e dignidade de um combatente

Dirceu é um preso político. Está encarcerado por ser líder e construtor de um projeto de esquerda para o Brasil. Ao prendê-lo novamente, o golpe presta uma homenagem ao Zé. Confessa que tem medo dele e de sua capacidade de organizar, de liderar o PT e a esquerda


31 de março de 2018, 12h59

Luta de classes se acirra: entre o fechamento do regime e a derrota do golpe

A característica fundamental dessa nova modalidade golpista é a manutenção das aparências de um regime democrático


30 de março de 2018, 11h15

Luta de classes se acirra: entre o fechamento do regime e a derrota do golpe

Derrotar o golpe passa por garantir a candidatura Lula – o que só será feito com amplas mobilizações populares e com a unidade da esquerda e do campo progressista.


15 de março de 2018, 11h56

O golpe mata. Viva Marielle!

As elites e seus braços armados ficam cada vez mais ousados, a ponto de eliminar, sem receios, quadros da esquerda com muita visibilidade pública