Tomaz Amorim

crítica cultural e literatura

31 de julho de 2018, 11h13

Impressões nada sérias sobre a FLIP

Crônica de Tomaz Amorim Izabel sobre a FLIP 2018, suas impressões do Centro Histórico de Paraty e a programação diversa da festa


+ posts

03 de maio de 2018, 09h58

Por que algumas tragédias nos ofendem tanto?

O incêndio que gerou o desabamento é daqueles raros momentos em que as metáforas se encarnam, se tornam literais. A cidade está em ruínas, o país está desmoronando, os pobres estão sendo esmagados, o preço do aluguel é de matar. Na literalização da metáfora perdemos a capacidade de simbolizar, o acontecimento fica lá, maior do que nossa capacidade de dar significado a ele e as reações são as mais variadas


25 de abril de 2018, 17h09

“Vingadores: Guerra Infinita” é o maior épico cinematográfico desde “O Senhor dos Anéis”

Assistimos a pré-estreia de “Vingadores: Guerra Infinita”. A análise traz uma avaliação dos méritos do filme e sua relação com nosso contexto social. Os spoilers são poucos e estão marcados no texto


20 de abril de 2018, 14h07

“Aniquilação”: Netflix e o algoritmo do Dr. Frankenstein

Texto de Tomaz Amorim aborda “Aniquilação”: Último grande filme de ficção científica é analisado como exemplo da tendência da indústria cultural em produzir monstros estéticos no estilo Frankenstein


02 de abril de 2018, 21h40

O Sul do Brasil como “enclave” na poesia de Marcelo Labes

Em novo texto, Tomaz Amorim escreve: “A caravana de Lula pelo Sul foi alvo de atentados violentos. Poucas semanas antes, um livro de poesia retratava a difícil relação do Sul com o resto do país e as possibilidades de deslocamento histórico e simbólico entre eles”.


15 de março de 2018, 23h05

Mulheres também são vilãs na 2ª temporada de “Jessica Jones”

Em novo artigo, Tomaz Amorim escreve: "Mostrar o mal também como potência feminina não é uma recaída no machismo, como poderia parecer. Pelo contrário, é mais uma investida rumo a uma representação mais justa das mulheres como pessoas autônomas, responsáveis por suas ações e motivadas por desejos próprios"


09 de março de 2018, 13h31

Os verdadeiros reféns de “La casa de papel”

Em artigo, Tomaz Amorim faz uma análise da fórmula bem-sucedida que ‘La casa de papel’ repete


03 de março de 2018, 10h26

Luz e Sombra das Mulheres de Wakanda

“Okoye, a chefe das Dora Milaje, pode ser facilmente associada a Iansã, orixá senhora dos ventos e da guerra. Okoye foi fundamental no desfecho da batalha entre os exércitos de T'Challa e Killmonger pelo trono de Wakanda, certamente fazendo mulheres negras do mundo inteiro se sentirem fortalecidas quando viram o general W.Kabi e companheiro da guerreira rendido a seus pés, numa salutar reversão das assimetrias de gênero.” Viviane Pistache escreve na coluna de Tomaz Amorim sobre as mulheres no filme Pantera Negra.


23 de fevereiro de 2018, 22h10

A Wakanda do “Pantera Negra” é um quilombo no espectro planetário de dominação

Em conversa com Douglas Belchior e Viviane Pistache, representatividade, visão colonizada da África, negritude na diáspora, táticas políticas em conflito e o privilégio dos isolados em meio à miséria


07 de fevereiro de 2018, 22h06

Pantera Negra: Uma utopia no auge do cinema distópico

A Fórum já assistiu ao filme do Pantera Negra! Confira a crítica de Tomaz Amorim e não se preocupe, a sessão com spoilers está bem identificada na segunda parte do texto


29 de janeiro de 2018, 21h59

✍???: A comunicação na era do emoji

Por mais familiar ou específica, por mais matizada que seja a linguagem escrita, falta a ela ainda algo da presença física, especialmente em conversas íntimas. Os emojis, estranho misto entre o pop arte e a pontuação, reinserem na comunicação as microvariações de sentido que a voz, o gesto e as expressões faciais produzem quando se […]


12 de janeiro de 2018, 22h02

A menstruação de Valter Hugo Mãe, de Carla Diacov

A menstruação de Valter Hugo Mãe é um livro de poesia de Carla Diacov lançado há três meses em um projeto não-comercial a partir de um convite do próprio escritor português. Trata-se de uma poesia altamente original e técnica que retoma temas familiares e sociais “sob o signo da menstruação”. Leia mais na coluna de […]