#Valerio Arcary

16 de agosto de 2018, 19h09

Eloquência e autenticidade do discurso: qualidades que candidaturas de esquerda devem buscar

Em novo texto, Valerio Arcary diz: “Não há discurso que se sustente, simplesmente, pelo seu conteúdo. Há incontáveis maneiras diferentes de dizer as mesmas palavras. Nada substitui a preparação do discurso. A força das palavras é, todavia, inseparável daquele que as apresenta, e das formas que escolheu”


06 de agosto de 2018, 22h47

Quem ganhou e quem perdeu na preparação da disputa eleitoral até agora?

Em sua coluna na Fórum, Valerio Arcary analisa as formações das chapas para a disputa presidencial e os efeitos que as coligações tendem a gerar


01 de agosto de 2018, 22h17

Bolsonaro não é um espantalho

Confiar que o apoio da burguesia a Alckmin será o suficiente para tirar Bolsonaro do segundo turno parece ser, sendo sóbrio com as palavras, pouco responsável. E se a consequência desta estratégia for a ida de Alckmin e Bolsonaro para o segundo turno?


29 de julho de 2018, 11h51

O que a esquerda quer dizer quando defende que a igualdade social é possível?

Não há nenhum valor em nascer na Nigéria ou na Noruega, na Grécia ou na Alemanha. Isso é acidental. Não deveria ser o suficiente para definir o destino de uma vida.


18 de julho de 2018, 22h32

Como discutir com os reacionários?

Uma questão que se coloca para todos nós é saber se é ou não necessário discutir com reacionários. Como devemos fazer a luta política? Será que vale a pena?


16 de julho de 2018, 07h59

Duas ou três coisas que todo militante deve lembrar sobre a arte da oratória antes de falar em público

Não acreditamos que o rosto mais fotogênico seja o melhor para a representação dos interesses dos trabalhadores. Nossos critérios são diferentes da vulgaridade da política institucional eleitoral.


02 de julho de 2018, 19h51

A amizade na política e a política na amizade

Em novo artigo, Valerio Arcary escreve: “Na esquerda revolucionária para o século XXI que queremos construir devemos saber preservar amizades, apesar das diferenças políticas que nos separam em distintas organizações”


26 de junho de 2018, 14h47

O eleitoralismo é uma forma de pensamento mágico

Em novo texto, Valerio Arcary avalia que “uma esquerda com responsabilidade estratégica deve pensar a tática eleitoral de 2018 com a perspectiva de se preparar para os grandes confrontos que virão depois de outubro”


18 de junho de 2018, 13h23

Mentalidades primitivas, o grande medo e Jair Bolsonaro

Valerio Arcary diz que a chave de interpretação do Brasil deve ser a desigualdade social, e a chave da desigualdade é a escravidão. Sem compreender o significado histórico da escravidão é impossível decifrar a especificidade do Brasil


08 de junho de 2018, 17h24

Não se deve terceirizar para Ciro Gomes a luta contra Bolsonaro

Em novo artigo, Valerio Arcary diz que “a direção do PT tem o dever de encabeçar a luta contra Bolsonaro. Isso significa, neste momento, dar um passo em frente"


01 de junho de 2018, 13h32

Ciro Gomes não é o mal menor

Os que defendem a necessidade da esquerda (PT, Psol/PCB, PCdB) não terem pré-candidaturas para apoiar Ciro Gomes desde agora estão cometendo um erro irreparável


18 de maio de 2018, 16h54

A Argentina e o efeito orlof

Novo artigo de Valério Arcary: O dinheiro é um meio e não um fim. A fortuna torna insolentes os seus favoritos. É a sabedoria popular portuguesa


06 de maio de 2018, 10h40

Marx, o incendiário

Marx incendiou a imaginação de gerações com uma aposta no projeto anticapitalista de uma transição consciente para uma sociedade em que seremos, socialmente, iguais; humanamente, diferentes e, totalmente, livres. Esse Marx, o incendiário, é imortal


03 de maio de 2018, 14h37

A unificação MAIS/NOS: um pequeno-grande passo em frente

Nossa unificação será um passo pequeno, modesto, porque será ainda insuficiente. Não estamos satisfeitos conosco mesmos


15 de abril de 2018, 14h30

Cinco erros de análise de uma parcela da esquerda radical

A parcela da esquerda radical que tergiversa sobre a criminalização de Lula pela operação Lava Jato, defendendo o “Fora Todos” e agora o “Prisão para todos” cede à pressão da popularidade da Lava Jato.