03 de julho de 2018, 09h38

Com a cidade em crise, prefeito de Itaguai é flagrado assistindo à Copa na Rússia

As coisas só pioram quando se leva em conta que alguns dos principais problemas do município estão na área da educação, cuja responsável é a sua esposa, que aparece ao seu lado no vídeo.

O prefeito de Itaguaí (RJ), Carlo Busatto Júnior (MDB), conhecido como Charlinho, foi filmado inadvertidamente na Rússia, dentro do estádio, em um jogo da seleção brasileira. Ao seu lado, estava a sua esposa Andrea, que é secretária de Educação do município.

Até ai, tudo bem, não fosse o caos pelo qual passa a cidade.

As coisas só pioram quando se leva em conta que alguns dos principais problemas do município estão na área da educação, cuja responsável é a sua esposa, que aparece ao seu lado no vídeo.

De acordo com matéria do RJ TV, da Rede Globo, alunos da área rural não tem transporte para chegar às escolas. Há crianças que precisam andar até 40 minutos por estradas sem asfalto ou iluminação para conseguir assistir as aulas.

A Escola Municipal Camilo Cuquejo, por exemplo, tinha 79 alunos em 2017. Este ano, está com 25 estudantes.

Além disso, duas toneladas de uniforme escolar novos foram jogados no lixo. A prefeitura ainda fechou turmas de Educação de jovens e adultos em nove escolas.

O caos na cidade não impediu a prefeitura de gastar R$ 6 milhões para contratar artistas para a festa de aniversário da cidade nesta semana. O caso está sendo apurado pelo Ministério Público estadual.

Em nota, o prefeito Charlinho disse que tirou uma licença para assistir ao jogo do Brasil e já retornou ao país.

A reportagem não obteve resposta se o prefeito e sua mulher, a secretária de Educação, receberam pelo período em que estiveram fora do país.