Seja Sócio Fórum
28 de março de 2019, 22h50

Com ajuda de Suplicy e Júlio Lancelotti, indígenas conquistam vitória após protesto em SP

Prefeito Bruno Covas declarou que é a favor das reivindicações e se comprometeu a receber as lideranças na próxima semana

Foto: Divulgação
Com a intermediação do vereador Eduardo Suplicy (PT) e do padre Júlio Lancelotti, os indígenas da etnia guarani conseguiram uma vitória importante. Eles protestavam desde esta quarta-feira (27), na prefeitura de São Paulo, contra cortes na Saúde. O grupo tentava ser recebido pelo prefeito Bruno Covas (PSDB). Por volta das 16h50, após negociações por telefone, Suplicy e Lancellotti entraram no prédio junto com representantes das seis aldeias para tentar um diálogo com Covas. O grupo se reuniu com integrantes da Secretaria Municipal da Casa Civil. Ao final do dia, o prefeito de São Paulo se colocou à disposição para receber...

Com a intermediação do vereador Eduardo Suplicy (PT) e do padre Júlio Lancelotti, os indígenas da etnia guarani conseguiram uma vitória importante. Eles protestavam desde esta quarta-feira (27), na prefeitura de São Paulo, contra cortes na Saúde.

O grupo tentava ser recebido pelo prefeito Bruno Covas (PSDB). Por volta das 16h50, após negociações por telefone, Suplicy e Lancellotti entraram no prédio junto com representantes das seis aldeias para tentar um diálogo com Covas.

O grupo se reuniu com integrantes da Secretaria Municipal da Casa Civil. Ao final do dia, o prefeito de São Paulo se colocou à disposição para receber as lideranças na próxima semana, desde que a frente do prédio da prefeitura fosse desocupada.

Covas disse, ainda, que apoia as reivindicações dos indígenas, pois não faz sentido municipalizar um serviço especializado que já é bem prestado a uma parcela específica da população pelo Governo Federal.

Sesai

Também no final do dia, o Ministério da Saúde selou acordo de manutenção da secretaria especial de saúde indígena (Sesai), uma reivindicação dos povos indígenas.

A decisão foi tomada em encontro com Luiz Henrique Mandetta, ministro da Saúde, e lideranças dos povos indígenas de todas as regiões do país, em Brasília.

Entre os acordos firmados estão a criação de um grupo de trabalho para discutir a melhoria e avanços na assistência à saúde indígena e a fiscalização dos recursos.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum