Seja Sócio Fórum
15 de abril de 2019, 11h28

Com Bolsonaro, gasto com publicidade aumenta e Record, de Edir Macedo, supera Globo

Nos primeiros 3 meses de 2019, emissora do bispo da Igreja Universal do Reino de Deus ganhou 8 vezes mais dinheiro do governo na comparação com 2018

Bolsonaro e Edir Macedo, o campeão de verbas de publicidade (Foto: Montagem)
Reportagem de Leandro Prazeres para o UOL, nesta segunda-feira (15), revela o aumento de 63% de gastos com publicidade nos três primeiros meses do governo Jair Bolsonaro (PSL), em comparação com o mesmo período de 2018. O Grupo Record, de Edir Macedo, foi o que mais recebeu dinheiro, passando a Globo, que perdeu também para o SBT, de Silvio Santos. Em ao menos dois anos, é a primeira vez que ocorre essa inversão. No primeiro trimestre do ano passado, os veículos da família Marinho faturaram R$ 5,93 milhões, contra R$ 1,3 milhão da Record e R$ 1,1 do SBT. O...

Reportagem de Leandro Prazeres para o UOL, nesta segunda-feira (15), revela o aumento de 63% de gastos com publicidade nos três primeiros meses do governo Jair Bolsonaro (PSL), em comparação com o mesmo período de 2018. O Grupo Record, de Edir Macedo, foi o que mais recebeu dinheiro, passando a Globo, que perdeu também para o SBT, de Silvio Santos.

Em ao menos dois anos, é a primeira vez que ocorre essa inversão. No primeiro trimestre do ano passado, os veículos da família Marinho faturaram R$ 5,93 milhões, contra R$ 1,3 milhão da Record e R$ 1,1 do SBT.

O faturamento da emissora de Edir Macedo, em 2019, chegou a 10,3 milhões. O SBT ficou R$ 7,3 milhões e a Globo, com R$ 7,07.

O montante gasto pelo governo Bolsonaro chegou a R$ 75,5 milhões de janeiro a março. No mesmo período de 2018, o valor totalizou 44,5 milhões.

Ao UOL, a Secretaria Especial de Comunicação (Secom) do Palácio do Planalto alegou que os pagamentos feitos no primeiro trimestre são referentes a despesas contratadas na gestão do ex-presidente Michel Temer (MDB) e que Jair Bolsonaro autorizou, até agora, o gasto de R$ 12 milhões referentes à campanha publicitária da reforma da Previdência.

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum