22 de novembro de 2018, 09h20

Com eleição de Bolsonaro, Fiesp afaga comando das Forças Armadas em evento

"Eu fico muito feliz que o Brasil passe por momento em que valoriza as suas Forças Armadas", disse Paulo Skaf (MDB), antes de entregar honrarias a militares de alta patente.

Em evento na noite desta quarta-feira (21), o candidato derrotado ao governo de São Paulo, Paulo Skaf (MDB) fez afagos aos comandantes das Forças Armadas em uma homenagem feita pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) para homenagear militares de alta patente, que vêm cada dia ganhando mais espaço na política, na esteira da eleição do capitão da reserva, Jair Bolsonaro (PSL), e do vice, general Hamilton Mourão. “Eu fico muito feliz que o Brasil passe por momento em que valoriza as suas Forças Armadas”, disse Skaf. “Desde os primeiros momentos, em todas as nossas escolas, tinham...

Em evento na noite desta quarta-feira (21), o candidato derrotado ao governo de São Paulo, Paulo Skaf (MDB) fez afagos aos comandantes das Forças Armadas em uma homenagem feita pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) para homenagear militares de alta patente, que vêm cada dia ganhando mais espaço na política, na esteira da eleição do capitão da reserva, Jair Bolsonaro (PSL), e do vice, general Hamilton Mourão.

“Eu fico muito feliz que o Brasil passe por momento em que valoriza as suas Forças Armadas”, disse Skaf. “Desde os primeiros momentos, em todas as nossas escolas, tinham sempre e têm hasteada a bandeira do Brasil, como na minha sala e como no prédio da Fiesp em muitos momentos históricos do Brasil”.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

A Fiesp homenageou os comandantes da Marinha, Eduardo Ferreira, e da Aeronáutica, Nivaldo Luiz Rossato, além do chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, Ademir Sobrinho. Além deles, abriu precedente ao conceder a maior honraria ao comandante do Exército, Eduardo Villas Bôas, agraciado com a comenda da ordem do mérito industrial São Paulo no grau Grão Cruz, em geral destinada a homenagear reis, príncipes, presidentes e primeiros-ministros.

“Mas tem pessoas especiais, que são exemplo, pessoas que têm equilíbrio, um comportamento, uma inteligência, um carisma e simplicidade. São heróis que evitam a guerra e por isso são heróis em tempos de paz. Temos para nosso orgulho um desses heróis aqui presente”, afirmou Skaff, o único a discursar, ao entregar a homenagem a Villas Bôas.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

O ministro da Defesa e general de Exército Joaquim Silva e Luna, e o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, também foram homenageados.

Luna disse ter “excelentes expectativas” com o governo e com o presidente eleito também. “Foi a escolha da população. É um homem de vida política longa já, conhece bem o país e está e está com equipe muito forte.”

As informações são da Folha de S.Paulo e da Agência Fiesp.

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais