INSCREVA-SE JÁ
21 de Maio de 2015, 11h22

Confederação Brasileira de Ginástica afasta atletas após ato de racismo

Ginastas da seleção brasileira aparecem em vídeo comparando colega negro com "saco de lixo preto", entre outras ofensas racistas; em nota, Confederação divulgou afastamento de 30 dias e suspensão temporária da concessão de bolsas e incentivos financeiros como punição aos atletas.

Ginastas da seleção brasileira aparecem em vídeo comparando colega negro com “saco de lixo preto”, entre outras ofensas racistas; em nota, Confederação divulgou afastamento de 30 dias e suspensão temporária da concessão de bolsas e incentivos financeiros como punição aos atletas

Por Redação

A Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) puniu os atletas Arthur Nory Mariano, Fellipe Arakawa e Henrique Flores por cometerem injúrias raciais contra o colega Ângelo Assumpção. Os três foram afastados da seleção brasileira por 30 dias e terão suspensas
momentaneamente a concessão de bolsas e incentivos financeiros.

No vídeo publicado em uma rede social, Nory perguntava: “Seu celular quebrou. A tela quando funciona é branca. Quando ela estraga é de que cor? O saco do supermercado é branco. E o do lixo?”. Os outros respondiam: “preto”. Nas imagens, Assumpção se mostrou indignado e constrangido com as supostas “brincadeiras”.

Percebendo a repercussão negativa, os ginastas vieram a público pedir desculpas. “Aqui é uma equipe e está tudo bem. Exageramos e passamos dos limites. Aqui todo mundo gosta de todo mundo. Por favor, não nos entendam mal”, declarou Nory. No entanto, a atitude não foi suficiente para atenuar a gravidade do ocorrido.

Confira abaixo a nota publicada pela CBG:

“A Confederação Brasileira de Ginástica (CBG), considerando (I) análise preliminar de fatos e relatórios e publicações em mídias e redes sociais envolvendo atletas da seleção nacional por questões disciplinares; (ii) encaminhamento do feito ao STJD da Ginástica, instância desportiva competente que funciona junto à entidade, na forma do art. 50 e ss da Lei 9615/98; (II) o disposto nos arts. 48 e seguintes da Lei 9615/98, arts. 30, parágrafo 2°., alíneas “j” e “u”, 47 a 59 do Estatuto da CBG; resolve: Afastar preventivamente da seleção nacional e eventos nacionais e internacionais, e suspender a concessão de bolsas e incentivos financeiros pelo prazo de 30 (trinta) dias, ou até decisão final sobre o caso pela CBG e STJD da Ginástica, os atletas da seleção de Ginástica Artística Masculina, Arthur Nory Oyakawa Mariano, Fellipe Arakawa Ferreira e Henrique Flores.”

Foto de capa: Reprodução