Imprensa livre e independente
03 de abril de 2019, 22h49

Conge, palavra criada por Moro, é “dicionarizada” e texto da Fórum é base do verbete

Erro do ministro da Justiça, trocando “cônjuge” por "conge”, virou piada em site que cria significados inusitados para vários verbetes

Foto: Divulgação/Ministério da Justiça
O ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, criou uma nova palavra, nesta terça-feira (2), durante audiência pública da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). Em pronunciamento, o ex-juiz cometeu erro crasso, chamando “cônjuge” de “conge” por duas vezes. O erro virou piada. O site Dicionário Informal (DI), que se dedica a satirizar esse tipo de equívoco, criando significados inusitados para vários verbetes, não deixou passar e acabou “dicionarizada” a palavra “conge”. A base do verbete foi matéria publicada na Fórum: Variação na fala de ‘cônjuge’. Pessoa com quem se mantém relacionamento matrimonial. “Moro chama cônjuge de...

O ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, criou uma nova palavra, nesta terça-feira (2), durante audiência pública da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). Em pronunciamento, o ex-juiz cometeu erro crasso, chamando “cônjuge” de “conge” por duas vezes.

O erro virou piada. O site Dicionário Informal (DI), que se dedica a satirizar esse tipo de equívoco, criando significados inusitados para vários verbetes, não deixou passar e acabou “dicionarizada” a palavra “conge”.

A base do verbete foi matéria publicada na Fórum: Variação na fala de ‘cônjuge’. Pessoa com quem se mantém relacionamento matrimonial. “Moro chama cônjuge de ‘conge‘ por duas vezes e erro crasso viraliza” – (Revista Fórum, 02 de abril de 2019).

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

Veja também:  Jean Paul: "estamos tendo uma belíssima aula magna em todo país"

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum