10 de agosto de 2018, 00h06

Daciolo fala em “falta de amor” ao responder pergunta sobre feminicídio na Band

Deputado do Patriotas é destaque nas redes por sua performance no debate da Band que mais se assemelha a uma pregação religiosa. Entre um "glória a Deus" e outro, o candidato chegou a afirmar que no Brasil há "400 bilhões de sonegadores", sendo que a população mundial é de 7,6 bilhões de habitantes

Reprodução/TV Bandeirantes

O deputado federal Cabo Daciolo, candidato à presidência pelo Patriotas, já é considerado o “destaque” do debate da Band, na noite desta quinta-feira (8), mas não por um bom desempenho, mas por uma performance um tanto quanto curiosa. De maneira exaltada, o bombeiro critica a todos entre um “glória a Deus”, “honra e glória ao senhor Jesus” e outras expressões típicas de pregação religiosa. Seu nome está entre os assuntos mais comentados do Twitter no Brasil

Ao abrir sua fala, começou não respondendo à primeira pergunta, que era sobre emprego e, no lugar da resposta, acusou os outros candidatos de fazerem parte da “velha política”.

Em outro momento, Daciolo foi perguntado sobre como resolveria o problema do femincídio no Brasil. O deputado do Patriotas, então afirmou que “o grande problema que enfrentamos hoje é a falta de amor”.

Também foi destaque nas redes sociais o momento em que o candidato falou que no Brasil há mais de 400 bilhões de sonegadores, sendo que, segundo a ONU, sequer a população mundial chega a 10 bilhões de habitantes. De acordo com os últimos estudos, atualmente habitam no planeta Terra 7,6 bilhões de pessoas.

Confira algumas reações.