Imprensa livre e independente
13 de agosto de 2018, 19h53

Dados da Suíça apontam suposto esquema envolvendo Arnaldo Cezar Coelho e Serra

Inquérito aberto no Supremo a partir de delação premiada de executivo da Odebrecht volta à tona com informações enviadas por autoridades suíças sobre supostas movimentações financeiras ilegais que envolvem o comentarista de futebol, seu irmão e o ex-governador José Serra (PSDB)

Reprodução/TV Globo
A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, de acordo com o site Jota, defende o avanço das investigações contra o comentarista de futebol, Arnaldo Cezar Coelho, seu irmão, o empresário e ex-deputado federal Ronaldo Cezar Coelho (PSD-RJ), e mais duas pessoas. Todos são alvos de um inquérito que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) que envolve ainda o ex-governador de São Paulo, José Serra (PSDB). O caso vem novamente à tona por conta do recebimento, por parte do Ministério Público Federal (MPF), de informações bancárias enviadas por autoridades suíças. Ainda não há informações sobre o que, exatamente, atinge Arnaldo Cezar Coelho...

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, de acordo com o site Jota, defende o avanço das investigações contra o comentarista de futebol, Arnaldo Cezar Coelho, seu irmão, o empresário e ex-deputado federal Ronaldo Cezar Coelho (PSD-RJ), e mais duas pessoas. Todos são alvos de um inquérito que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) que envolve ainda o ex-governador de São Paulo, José Serra (PSDB).

O caso vem novamente à tona por conta do recebimento, por parte do Ministério Público Federal (MPF), de informações bancárias enviadas por autoridades suíças. Ainda não há informações sobre o que, exatamente, atinge Arnaldo Cezar Coelho e seu irmão nesse lote de informações recebido através de cooperação internacional. O MPF desconfia de movimentações financeiras ilícitas.

O inquérito foi aberto no STF a partir da delação premiada ex-diretor da Odebrecht Carlos Armando Paschoal. Ele disse ter pago ilegalmente R$ 23 milhões para a campanha de José Serra em 2010 e Ronaldo Cezar Coelho, irmão de Arnaldo, teria sido responsável pelo acerto de parte do valor.

Veja também:  Recuperação judicial pode render R$97 milhões a Emílio e Marcelo Odebrecht

O empresário alega que recebeu os recursos como pagamento do uso de um avião seu pelo PSDB.

Confira a íntegra da reportagem do Jota aqui.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum