22 de julho de 2018, 17h39

Daniela Mercury desabafa contra proibição de “O Evangelho segundo Jesus, Rainha do Céu”. Vídeo

Em meio ao show em Garanhuns, cantora baiana criticou Isaías Regis, prefeito da cidade pernambucana, que não cedeu o Centro Cultural para a realização do espetáculo teatral

Durante show realizado no Festival de Inverno de Garanhuns, em Pernambuco, na madrugada deste domingo (22), a cantora e compositora baiana Daniela Mercury fez um desabafo a respeito da proibição, por parte da prefeitura, da apresentação do espetáculo teatral “O Evangelho segundo Jesus, Rainha do Céu”, protagonizado pela atriz transexual Renata Carvalho. O espetáculo já foi proibido em várias cidades do país. As informações são do site TV Replay.

Depois de pedir ao secretário de Cultura do Estado de Pernambuco para retirar o espetáculo da programação do FIG 2018, e ter a solicitação negada, o prefeito Isaías Regis se recusou a ceder o Centro Cultural de Garanhuns para a apresentação.

A peça traz Renata Carvalho interpretando Jesus, como se ele vivesse nos dias atuais como uma travesti. O objetivo é provocar reflexões a respeito de temas como gênero e inclusão.

Durante a transmissão Ao Vivo da TV Nova, pela Live do Facebook, Daniela Mercury demonstrou indignação com a proibição e fez um duro depoimento, recebendo muitos aplausos do público que estava na Praça Mestre Dominguinhos.