Imprensa livre e independente
13 de maio de 2019, 17h33

Deputada do PSL acusa ministro do Turismo de ameaça de morte e de montar esquema de laranjas

“Confirmei a forma como eu cheguei até o esquema e da minha convicção de que ele tenha sido orquestrado pelo ministro”, declarou Alê Silva (PSL-MG), em depoimento à PF

Foto: Najara Araújo/Câmara dos Deputados
A deputada federal Alê Silva (PSL-MG) confirmou ter sido ameaçada de morte pelo ministro do Turismo de Jair Bolsonaro, Marcelo Álvaro Antonio. Além disso, em depoimento à Polícia Federal (PF), nesta segunda-feira (13), a parlamentar acusou o ministro, que preside o PSL em Minas Gerais, de ter montado um esquema de candidaturas laranjas. “Confirmei a forma como eu cheguei até o esquema, e da minha convicção de que ele tenha sido orquestrado pelo ministro”, declarou Alê, ao sair da PF. A deputada assegurou ter identificado irregularidades analisando as contas das quatro candidatas derrotadas que fizeram inicialmente a denúncia. “Vi que...

A deputada federal Alê Silva (PSL-MG) confirmou ter sido ameaçada de morte pelo ministro do Turismo de Jair Bolsonaro, Marcelo Álvaro Antonio.

Além disso, em depoimento à Polícia Federal (PF), nesta segunda-feira (13), a parlamentar acusou o ministro, que preside o PSL em Minas Gerais, de ter montado um esquema de candidaturas laranjas.

“Confirmei a forma como eu cheguei até o esquema, e da minha convicção de que ele tenha sido orquestrado pelo ministro”, declarou Alê, ao sair da PF.

A deputada assegurou ter identificado irregularidades analisando as contas das quatro candidatas derrotadas que fizeram inicialmente a denúncia.

“Vi que tinham recebido valores expressivos do fundo de campanha, e que esse dinheiro teria sido repassado para empresas de propriedade de assessores de Marcelo Álvaro”, disse.

Cargos

Ela disse, ainda, que, após as denúncias, o ministro passou a oferecer cargos para aliados que teriam envolvimento com o esquema. “Marcelo Álvaro trouxe todo mundo para perto de si e tenta, com isso, se blindar. Ninguém larga a mão de ninguém”, afirmou.

Veja também:  Bolsonaro faz ironia sobre investigações de candidaturas laranjas do PSL

Alê também acusou o ministro de produzir notícias falsas contra ela. “Um saiu do próprio celular dele. Disso tenho prova porque produziu fake news e colocou dentro do grupo nacional do PSL”.

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum