Imprensa livre e independente
16 de abril de 2019, 08h34

Deputada que pediu para filmar “professores doutrinadores” é denunciada por ataques a jornalistas

A deputada xingou jornalistas durante a apuração de uma reportagem sobre a coincidência do uso de diárias pagas pela Assembleia em dias de lançamento do livro de própria autoria

Foto: Reprodução/Facebook Ana Caroline Campagnolo
A deputada estadual Ana Caroline Campagnolo (PSL-SC), aquela que ficou conhecida por mandar estudantes filmarem “professores doutrinadores”, sofre um processo de quebra de decoro parlamentar por ataques a jornalistas. A ação foi protocolada nesta segunda-feira (15) na Assembleia Legislativa de Santa Catarina. O processo é subscrito pela Acaert-SC (Associação Catarinense de Rádio e Televisão), ACI-SC (Associação Catarinense de Imprensa), SJ-SC (Sindicato dos Jornalistas) e Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas). A deputada xingou jornalistas durante a apuração de uma reportagem sobre a coincidência do uso de diárias pagas pela Assembleia em dias de lançamento do livro de própria autoria. Sobre o assunto, o presidente da ACI-SC, Ademir...

A deputada estadual Ana Caroline Campagnolo (PSL-SC), aquela que ficou conhecida por mandar estudantes filmarem “professores doutrinadores”, sofre um processo de quebra de decoro parlamentar por ataques a jornalistas. A ação foi protocolada nesta segunda-feira (15) na Assembleia Legislativa de Santa Catarina. O processo é subscrito pela Acaert-SC (Associação Catarinense de Rádio e Televisão), ACI-SC (Associação Catarinense de Imprensa), SJ-SC (Sindicato dos Jornalistas) e Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas).

A deputada xingou jornalistas durante a apuração de uma reportagem sobre a coincidência do uso de diárias pagas pela Assembleia em dias de lançamento do livro de própria autoria.

Sobre o assunto, o presidente da ACI-SC, Ademir Arnon, disse: “Nós acreditamos que num estado republicano não se admite que uma parlamentar, eleita pelo voto popular, guardiã da democracia, cometa esses atos insanos, generalizando todos os jornalistas. Não vamos aceitar esse tipo de comportamento”.

 Já o presidente do SJ-SC afirmou: “Nossa expectativa é que alguma medida seja tomada em relação a essa agressão aos profissionais de imprensa que, no nosso entender, fere o decoro parlamentar”, Aderbal da Rosa Filho.

Veja também:  Glenn diz que nota de Dallagnol não refuta reportagem: “Laura estava no depoimento de Lula?”

Com informações de Altair Magagnin no ND+

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum