Imprensa livre e independente
28 de novembro de 2017, 09h42

Deputado apresenta projeto de lei para tornar estudo da Bíblia obrigatório nas escolas

Cabo Daciolo (Avante-RJ), que foi expulso do PSOL em 2015, ficou conhecido em 2011, quando liderou uma greve dos Bombeiros no Rio de Janeiro

Cabo Daciolo (Avante-RJ) foi expulso do PSOL em 2015 e ficou conhecido em 2011, quando liderou uma greve dos Bombeiros no Rio de Janeiro Da Redação* A coluna de Lauro Jardim informa que o deputado Cabo Daciolo (Avante-RJ), que foi expulso do PSOL em 2015 e ficou conhecido em 2011, quando liderou uma greve dos Bombeiros no Rio de Janeiro, apresentou um projeto de lei que inclui o “Estudo da Bíblia Sagrada como disciplina obrigatória no currículo do ensino fundamental e médio do Brasil”. Na justificativa da proposta, protocolada na semana passada, Daciolo diz que a Bíblia, por ser um dos livros mais...

Cabo Daciolo (Avante-RJ) foi expulso do PSOL em 2015 e ficou conhecido em 2011, quando liderou uma greve dos Bombeiros no Rio de Janeiro

Da Redação*

A coluna de Lauro Jardim informa que o deputado Cabo Daciolo (Avante-RJ), que foi expulso do PSOL em 2015 e ficou conhecido em 2011, quando liderou uma greve dos Bombeiros no Rio de Janeiro, apresentou um projeto de lei que inclui o “Estudo da Bíblia Sagrada como disciplina obrigatória no currículo do ensino fundamental e médio do Brasil”.

Na justificativa da proposta, protocolada na semana passada, Daciolo diz que a Bíblia, por ser um dos livros mais antigos do mundo, “não pertence a nenhuma religião”.

Diz Daciolo:

— Este projeto de lei visa estimular a leitura dos jovens estudantes, bem como levá-los ao universo de histórias e lições a respeito da vida, dos dilemas morais e éticos tratados pela Bíblia Sagrada a fim de que tenham um ponto de referência consistente em que os ajude no enfrentamento de seus desafios e decisões.

Veja também:  Cartas do Pai: “Nas ruas pela Educação!”

*Com informações da coluna de Lauro Jardim

 Foto: Gustavo Lima | Agência Câmara

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum