18 de dezembro de 2018, 20h04

Deputado do DEM propõe exames toxicológicos para professores e alunos de universidades públicas

No caso dos alunos das instituições públicas de ensino, eles teriam de apresentar o laudo toxicológico anualmente para a realização da matrícula

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O deputado federal Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ), um dos líderes da bancada evangélica, parece não ter nada mais importante para legislar. Ele apresentou um projeto de lei na Câmara Federal, o qual torna obrigatório o exame toxicológico para professores e alunos que atuam em todas as universidades públicas do Brasil.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

Em caso de aprovação do projeto, o exame terá por objetivo detectar o consumo de maconha, cocaína e anfetaminas, de acordo com informações da coluna de Lauro Jardim, em O Globo. O parlamentar quer que professores e alunos sejam testados anualmente em relação ao uso das substâncias.

No caso dos alunos das instituições públicas de ensino, eles teriam de apresentar o laudo toxicológico para a realização da matrícula.