Seja Sócio Fórum
15 de fevereiro de 2019, 07h31

Deputado do PSL coloca placa quebrada de Marielle no gabinete; viúva diz que dará “outra parte”

Eleito com o apoio maciço do clã Bolsonaro, Rodrigo Amorim (PSL/RJ) colocou emoldurada em seu gabinete na Alerj parte da placa que quebrou durante a campanha

Rodrigo Amorim, do PSL (Reprodução)
Eleito com o apoio maciço do clã Bolsonaro, o deputado estadual Rodrigo Amorim (PSL/RJ) colocou emoldurada em seu gabinete na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) parte da placa que quebrou durante a campanha com o colega de partido, Daniel Silveira (PSL/RJ), que hoje cumpre mandato na Câmara Federal. Leia também: Deputado que destruiu placa de Marielle quer doação compulsória de órgãos de mortos pela polícia A imagem, divulgada nesta quinta-feira (14), gerou revolta até mesmo entre deputados mais conservadores. “Eu não faria isso. Acho que uma questão partidária não pode ser levada para o campo pessoal. Tem que respeitar...

Eleito com o apoio maciço do clã Bolsonaro, o deputado estadual Rodrigo Amorim (PSL/RJ) colocou emoldurada em seu gabinete na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) parte da placa que quebrou durante a campanha com o colega de partido, Daniel Silveira (PSL/RJ), que hoje cumpre mandato na Câmara Federal.

Leia também: Deputado que destruiu placa de Marielle quer doação compulsória de órgãos de mortos pela polícia

A imagem, divulgada nesta quinta-feira (14), gerou revolta até mesmo entre deputados mais conservadores. “Eu não faria isso. Acho que uma questão partidária não pode ser levada para o campo pessoal. Tem que respeitar a mulher e vereadora que ela foi, eleita pelo povo, pelo voto popular”, disse Rosenverg Reis (MDB), em entrevista a Paulo Capelli, na edição desta sexta-feira (15) do jornal O Globo.

Viúva de Marielle, Mônica Benício reagiu com ironia. “Recebo a notícia com grande alegria. Ele entendeu que o lugar da Marielle é de destaque, para ser emoldurado em todos os gabinetes, seja de políticos de esquerda ou de direita. Pena que ele só tenha metade da placa. Vou doar a outra metade para que a homenagem fique completa”, disse.

Amorim disse que o fragmento da falsa placa é o símbolo da restauração da ordem no Rio de Janeiro. “Há alguns dias me manifestei no plenário da Alerj quanto à desordem protagonizada por alguns deputados da esquerda que pretendem transformar os corredores do Legislativo em local de doutrinação ideológica”.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum