ASSISTA
17 de Março de 2018, 11h06

Deputado e presidente do DEM-DF espalha versão de que Marielle foi esposa de Marcinho VP

Em seu Twitter, Alberto Fraga critica a esquerda e ainda diz que a vereadora do PSOl foi eleita pelo Comando Vermelho

Alberto Fraga: “Conheçam o novo mito da esquerda, Marielle Franco. Engravidou aos 16 anos, ex-esposa do Marcinho VP, usuária de maconha” – Foto: Lúcio Bernardo Jr./Câmara dos Deputados

O coronel da reserva, deputado federal e presidente do DEM no Distrito Federal, Alberto Fraga, publicou em seu Twitter graves acusações contra a Marielle Franco (PSOL-RJ), assassinada na noite de última quarta-feira (14). Ele postou, entre outras mentiras, que ela foi esposa de Marcinho VP, traficante atuante na Favela Santa Marta, em Botafogo, no Rio de Janeiro, morto em 2003, quando estava preso em Bangu III.

“Conheçam o novo mito da esquerda, Marielle Franco. Engravidou aos 16 anos, ex-esposa do Marcinho VP, usuária de maconha, defensora de facção rival e eleita pelo Comando Vermelho, exonerou recentemente 6 funcionários, mas quem a matou, foi a PM”, escreveu. E, além de criticar a esquerda, prosseguiu: “Mais um ato de covardia praticado contra uma vereadora do psol e seu motorista. Ao ser preso, tenham certeza que é um reincidente do crime! E ainda tem gente que defende bandidos!”, escreveu o deputado, que destaca em seu site que é especialista em segurança pública.