Imprensa livre e independente
24 de setembro de 2015, 18h30

Dessa vez não é mentira: Putin telefona para Elton John e sugere encontro

Na última semana, humoristas haviam ligado para o cantor britânico fingindo ser presidente russo; Elton John deseja debater com Putin uma lei que proíbe a veiculação de propagandas com homossexuais Por Redação* O presidente da Rússia, Vladmir Putin, telefonou, nesta quinta-feira (24), para o cantor britânico Elton John e disse que está disposto a se reunir com ele, caso as agendas de ambos permitam, para discutir “qualquer problema que o esteja preocupando”. O artista deseja conversar com o Kremelin sobre uma lei que proíbe a propaganda com homossexuais no país. “Finalmente, conversaram”, disse Dmitri Peskov, porta-voz do governo. Ele se...

Na última semana, humoristas haviam ligado para o cantor britânico fingindo ser presidente russo; Elton John deseja debater com Putin uma lei que proíbe a veiculação de propagandas com homossexuais

Por Redação*

O presidente da Rússia, Vladmir Putin, telefonou, nesta quinta-feira (24), para o cantor britânico Elton John e disse que está disposto a se reunir com ele, caso as agendas de ambos permitam, para discutir “qualquer problema que o esteja preocupando”. O artista deseja conversar com o Kremelin sobre uma lei que proíbe a propaganda com homossexuais no país.

“Finalmente, conversaram”, disse Dmitri Peskov, porta-voz do governo. Ele se refere ao trote que humoristas russos passaram a John, fingindo que eram Putin, na última semana. O britânico acreditou e chegou a publicar nas redes que havia conversado com o presidente, mas a informação foi desmentida pouco depois. Segundo Peskov, o mandatário pediu para o inglês “não se sentir ofendido” pela brincadeira de mau gosto.

A ideia da piada vem da declaração do músico, no último dia 13, de que era “ridículo” dizer que uma criança se tornaria gay porque foi influenciada por comerciais. Elton John afirmou, ainda, que gostaria de falar com Putin nem que ele “só escutasse” e não tomasse nenhuma medida para reverter o quadro.

Veja também:  Weintraub: o grande mentecapto destruidor da educação pública brasileira

*Com informações do Terra e do Jornal do Brasil

(Foto: Reprodução/Facebook)

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum