Seja Sócio Fórum
09 de janeiro de 2017, 12h26

“Deveria tê-lo educado antes”, diz Roger sobre mãe que reza diante de presídio

O cantor Roger, da decadente banda Ultraje a Rigor, autor de um hit e meio há mais de trinta anos, continua postando das suas. Desta vez, no entanto, ultrapassou qualquer limite de humanidade. Ao comentar matéria da Folha em que mãe de preso reza desesperada diante de presídio, ele comentou: “Deveria tê-lo educado antes. Ou nem ter filhos”.

O cantor Roger, da decadente banda Ultraje a Rigor, autor de um hit e meio há mais de trinta anos, continua postando das suas. Desta vez, no entanto, ultrapassou qualquer limite de humanidade. Ao comentar matéria da Folha em que mãe de preso reza desesperada diante de presídio, ele comentou: “Deveria tê-lo educado antes. Ou nem ter filhos”. Da Redação O cantor Roger, da decadente banda Ultraje a Rigor, autor de um hit e meio há mais de trinta anos, continua postando das suas. Desta vez, no entanto, ultrapassou qualquer limite de humanidade. Ao comentar matéria da Folha em que...

O cantor Roger, da decadente banda Ultraje a Rigor, autor de um hit e meio há mais de trinta anos, continua postando das suas. Desta vez, no entanto, ultrapassou qualquer limite de humanidade. Ao comentar matéria da Folha em que mãe de preso reza desesperada diante de presídio, ele comentou: “Deveria tê-lo educado antes. Ou nem ter filhos”.

Da Redação

O cantor Roger, da decadente banda Ultraje a Rigor, autor de um hit e meio há mais de trinta anos, continua postando das suas. Desta vez, no entanto, ultrapassou qualquer limite de humanidade. Ao comentar matéria da Folha em que mãe de preso reza desesperada diante de presídio, ele comentou: “Deveria tê-lo educado antes. Ou nem ter filhos”.

Ser um #SócioFórum é muito fácil: escolha a contribuição que cabe no seu bolso e apoie a mídia livre!

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum