Seja Sócio Fórum
10 de maio de 2018, 16h49

Dias Toffoli arquiva inquérito contra senador Lindbergh Farias

Segundo a procuradora-geral, não há indícios mínimos de eventual participação do parlamentar nos supostos crimes que motivaram a abertura do inquérito

Foto: Moreira Mariz/Agência Senado Dias Toffoli, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), solicitou o arquivamento de um inquérito que investigava o senador Lindbergh Farias (PT-RJ). A medida foi tomada pata atender a um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), conforme informações de Amanda Pupo, do Estadão, e veiculadas pelo UOL. O processo investigava uma suposta prática de irregularidades na gestão do Fundo da Previdência dos Servidores Municiais de Nova Iguaçu, no período em que Lindbergh foi prefeito da cidade, de 2005 a 2010. Para a procuradora-geral, não há indícios mínimos de eventual participação do senador nos supostos crimes que motivaram...

Foto: Moreira Mariz/Agência Senado

Dias Toffoli, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), solicitou o arquivamento de um inquérito que investigava o senador Lindbergh Farias (PT-RJ). A medida foi tomada pata atender a um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), conforme informações de Amanda Pupo, do Estadão, e veiculadas pelo UOL. O processo investigava uma suposta prática de irregularidades na gestão do Fundo da Previdência dos Servidores Municiais de Nova Iguaçu, no período em que Lindbergh foi prefeito da cidade, de 2005 a 2010.

Para a procuradora-geral, não há indícios mínimos de eventual participação do senador nos supostos crimes que motivaram a abertura do inquérito na Corte. “Não há como deixar de acolher o requerimento do Parquet, assentado nos elementos fático-probatórios dos autos, que não justificam a instauração da persecução penal contra o investigado com prerrogativa de foro perante esta Suprema Corte”, afirmou Toffoli.

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum