24 de dezembro de 2017, 11h26

Dilma diz que direita quer tirar Lula da disputa porque não tem candidato viável

Sobre o julgamento de Lula no TRF4, ela diz que “eventual condenação vai se transformar em monstruosa injustiça”

Sobre o julgamento de Lula no TRF4, ela diz que “eventual condenação vai se transformar em monstruosa injustiça” Da Redação* Para a presidente deposta, Dilma Roussef, “2018 será marcado pela luta entre as forças que querem recolocar o povo no centro da política e aquelas que teimam em entregar o país e destruir o legado de justiça social iniciado em 2003. Não conseguirão.” Em campanha pela candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma diz que o próximo ano será decisivo, e que “as forças conservadoras” querem tirá-lo da disputa porque “estão sem candidato viável”. Dilma será a responsável por divulgar nas...

Sobre o julgamento de Lula no TRF4, ela diz que “eventual condenação vai se transformar em monstruosa injustiça”

Da Redação*

Para a presidente deposta, Dilma Roussef, “2018 será marcado pela luta entre as forças que querem recolocar o povo no centro da política e aquelas que teimam em entregar o país e destruir o legado de justiça social iniciado em 2003. Não conseguirão.”

Em campanha pela candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma diz que o próximo ano será decisivo, e que “as forças conservadoras” querem tirá-lo da disputa porque “estão sem candidato viável”.

Dilma será a responsável por divulgar nas redes sociais livro de juristas com críticas à sentença de Sergio Moro que condenou seu antecessor. A petista afirma que usam “artimanhas jurídicas” contra Lula, “perseguindo-o de maneira implacável”. “Ainda assim, é ele quem lidera a corrida.”

Sobre o julgamento do aliado no TRF-4, decisivo para a estratégia eleitoral do PT e de seus rivais, Dilma diz que “eventual condenação vai se transformar em monstruosa injustiça”.

Para a ex-presidente, “uma disputa eleitoral sem Lula só evidencia o quadro de golpe contra a democracia”, que teria sido inaugurado com seu impeachment.

*Com informações do Painel da Folha

Foto: Reprodução