#FÓRUMCAST
12 de julho de 2018, 20h55

Dilma e Gleisi denunciarão situação de Lula no Foro de São Paulo

Encontro da organização que reúne mais de 100 partidos de esquerda e centro-esquerda da América Latina e Caribe será realizado, este ano, em Havana. "Vamos para a denúncia internacional", afirmou Gleisi

Foto: Ricardo Stuckert

A presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), anunciou em entrevista que participará, junto com a ex-presidenta Dilma Rousseff, do 24º encontro anual do Foro de São Paulo, que começa na semana que vem em Havana (Cuba). De acordo com Gleisi, a oportunidade será usada para denunciar a perseguição que o ex-presidente Lula vem sofrendo no Brasil à lideranças internacionais.

“Eu vou agora para o Foro de São Paulo fazer uma denúncia também. Dilma vai, resolvemos ir para fazer a denúncia do que está acontecendo”, disse a parlamentar ao site Valor.

Criado em 1990, o Foro de São Paulo é uma conferência que reúne mais de 100 partidos e organizações de esquerda e centro-esquerda da América Latina e do Caribe. “Nós vamos ter todos os partidos de esquerda e centro-esquerda da América Latina reunidos lá, autoridades. E nós vamos para denúncia internacional”, completou Gleisi na mesma entrevista.

A pauta “Lula livre”, inclusive, já é destaque entre os temas que serão discutidos na edição deste ano do encontro. Saiba mais sobre a conferência aqui.

Leia também
Sete verdades sobre o Foro de São Paulo