09 de julho de 2018, 12h16

Dilma: “Estão criando uma crise institucional grave ao desmoralizar o poder judiciário”

Ex-presidenta diz que os juízes que perseguem Lula “corrompem a instituição que deviam servir e ferem a democracia”

Foto: Leonardo Contursi/CMPA

A ex-presidenta Dilma Rousseff usou seu perfil no Twitter para se manifestar a respeito do que ocorre neste domingo (8), com Lula. Ela disse que os juízes que perseguem Lula “corrompem a instituição que deviam servir e ferem a democracia”. Ela ressaltou que “estão criando uma crise institucional grave ao desmoralizar o poder judiciário” e que a ideia de que todos são iguais perante à lei “se torna uma farsa”.

Acompanhe a íntegra dos pronunciamentos da ex-presidenta Dilma:

“Estão criando uma crise institucional grave ao desmoralizar o poder judiciário. Com esse exemplo de ontem, como querem que a população aceite que ordem judicial não se discute, se cumpre? Como querem que acredite que todos são iguais perante a lei? Tudo se torna uma farsa”.

“Está evidente, diante do Brasil e do mundo, q Lula vem sendo perseguido pelos juízes que injustamente o condenaram. Está evidente o caráter dessa perseguição, pois sequer cumprem uma ordem judicial para libertá-lo. Corrompem a instituição que deviam servir e ferem a democracia”.