19 de janeiro de 2018, 19h45

Dilma: Eu já sabia que Aécio era playboy, mas não tão ladrão assim

Dilma já é cotada para disputar o senado por Minas Gerais e disputar a vaga com o tucano, derrotado por ela na corrida ao Planalto em 2014 Por Redação* Derrubada por um golpe parlamentar que começou sendo encampado, após a derrota nas eleições, pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG), a ex-presidenta Dilma Rousseff afiou as garras contra o parlamentar mineiro, contra quem pode disputar uma vaga no Senado em 2018. Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais. “Minha filha, quem é que não sabia quem era Aécio, pô? Fui presidente da República,...

Dilma já é cotada para disputar o senado por Minas Gerais e disputar a vaga com o tucano, derrotado por ela na corrida ao Planalto em 2014

Por Redação*

Derrubada por um golpe parlamentar que começou sendo encampado, após a derrota nas eleições, pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG), a ex-presidenta Dilma Rousseff afiou as garras contra o parlamentar mineiro, contra quem pode disputar uma vaga no Senado em 2018.

Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais.

“Minha filha, quem é que não sabia quem era Aécio, pô? Fui presidente da República, você acha que não tenho uma avaliação do Aécio? Não sabia que ele era tão ladrão, mas que ele era superficial, irresponsável, playboy, inconsequente, e que a mídia o protegia, eu sabia”, disse a petista em entrevista ao jornal gaúcho Zero Hora nesta sexta-feira (19).

“A irresponsabilidade desse rapaz é assustadora para o seu país, mostra que isso é a visão do playboy, que quer, sobretudo, usufruir da vida, não quer dar nada em troca”, afirmou.

Aécio Neves, que inflamou parte da população ao não aceitar o resultado das eleições de 2014, é investigado em mais de nove inquéritos, acusado de receber propinas de mais de R$ 50 milhões de várias empreiteiras – seja por esquemas em Furnas, na Cemig ou na construção da Cidade Administrativa. Aécio foi também fisgado nos esquemas da JBS, em que negocia propinas e fala até em matar o primo, mas vem sendo blindado pela Justiça.

*Com Brasil 247