Imprensa livre e independente
26 de janeiro de 2012, 21h53

Dilma no Fórum: “Crescer e incluir, proteger e preservar”

A presidenta Dilma Rousseff aproveita sua participação no Fórum Social Temático de Porto Alegre para organizar seu discurso combinando desenvolvimento e sustentabilidade

A presidenta Dilma Rousseff aproveita sua participação no Fórum Social Temático de Porto Alegre para organizar seu discurso combinando desenvolvimento e sustentabilidade Por Adriana Delorenzo, de Porto Alegre No ginásio Gigantinho, lotado, a presidenta Dilma Rousseff discursou durante cerca de 20 minutos para os participantes do Fórum Social Temático, que acontece em Porto Alegre até domingo, 29. Desenvolvimento sustentável e a Conferência Rio+20, que será realizada em junho, no Rio de Janeiro, foram um dos principais tópicos da fala da presidenta. Dilma defendeu “um modelo de desenvolvimento focado em três dimensões: econômica, social e ambiental”. Ela afirmou que os compromissos...

A presidenta Dilma Rousseff aproveita sua participação no Fórum Social Temático de Porto Alegre para organizar seu discurso combinando desenvolvimento e sustentabilidade

Por Adriana Delorenzo, de Porto Alegre

No ginásio Gigantinho, lotado, a presidenta Dilma Rousseff discursou durante cerca de 20 minutos para os participantes do Fórum Social Temático, que acontece em Porto Alegre até domingo, 29. Desenvolvimento sustentável e a Conferência Rio+20, que será realizada em junho, no Rio de Janeiro, foram um dos principais tópicos da fala da presidenta. Dilma defendeu “um modelo de desenvolvimento focado em três dimensões: econômica, social e ambiental”.

Ela afirmou que os compromissos e metas do governo atual é “crescer e incluir, proteger e preservar”. Dilma destacou o compromisso voluntário do Brasil firmado na última Conferência do Clima da ONU em relação às mudanças climáticas, que “lamentavelmente alguns países refutaram”.

A presidenta também reforçou o objetivo de fazer cumprir o programa Brasil sem miséria. E destacou o crescimento econômico brasileiro, enquanto países considerados desenvolvidos passam por processos de concentração de renda, aumento do desemprego e expansão da pobreza. “O lugar que o Brasil ocupa no mundo, hoje, não é resultado de milagre econômico, mas do trabalho de seu povo e do governo”, disse, arrancando aplausos do ginásio.

Veja também:  Moro lamenta mudança do Coaf: “faz parte da democracia perder ou ganhar”

A presidenta ainda reforçou que o Brasil abriu novas relações com “os irmãos africanos”, o aumento da cooperação Sul -Sul e defendeu a soberania do Estado Palestino.  Por fim, Dilma disse aos ativistas: “Conto com o engajamento e mobilização de vocês, tenho certeza que outro mundo é possível, até a Rio+20”.

No evento, havia um grupo que protestava contra a violência no Pinheirinho e outro que cobrava o veto às mudanças no Código Florestal.

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum