ASSISTA
12 de Maio de 2016, 11h07

Dilma sairá do Planalto pela porta da frente e fará discurso contra o golpe

O dia da presidenta contará com um pronunciamento à imprensa e um discurso aos manifestantes, que deverão acompanhá-la em marcha até o Palácio da Alvorada; confira programação.

O dia da presidenta contará com um pronunciamento à imprensa e um discurso aos manifestantes, que deverão acompanhá-la em marcha até o Palácio da Alvorada; confira programação

Por Redação

A presidenta Dilma Rousseff, após ser notificada da decisão do Senado que irá culminar com seu afastamento por 180 dias, fará um pronunciamento à imprensa nesta quinta-feira (12). Ela também irá participar de uma cerimônia no gabinete presidencial, onde receberá o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ministros, autoridades e personalidades aliadas para assinar a notificação, que será entregue pelo primeiro-secretário da Mesa Diretora do Senado, senador Vicentinho Alves (PR-TO).

Em seguida, sairá do Palácio do Planalto pela porta da frente e fará um discurso à população. Então, deverá seguir de carro até o Palácio da Alvorada, acompanhada por uma marcha de manifestantes em apoio a ela. A presidenta ainda gravou um vídeo que será disponibilizado nas redes sociais. Na gravação, Dilma comentará a decisão do Congresso e fará críticas ao golpe imposto pela oposição e às graves consequências do ato para a democracia do país.

Foto de capa: Agência Brasil