Imprensa livre e independente
06 de abril de 2018, 12h37

Dilma será candidata ao Senado por Minas Gerais e, se vencer, ficará com vaga de Aécio

Fontes do PSDB dizem que Aécio deve se candidatar à Câmara. Se ele for à reeleição, dupla irá reviver a disputa presidencial de 2014

De acordo com informações da Folha confirmadas pela Fórum, a ex-presidente Dilma Rousseff irá transferir seu domicílio eleitoral para Minas Gerais às 11h30 desta sexta-feira (6) no Tribunal Regional Eleitoral, em Belo Horizonte. O governador de Minas, Fernando Pimentel (PT), deve acompanhá-la. Militantes petistas preparam uma mobilização para receber a ex-presidente. Dilma vai concorrer a uma vaga no Senado por Minas Gerais e, segundo a legislação eleitoral, deve definir seu domicílio até seis meses antes da eleição. Segundo fontes do PSDB, no entanto, Andrea Neves, irmã do senador e histórica articuladora do tucano, admite aos aliados a hipótese de Aécio ser...

De acordo com informações da Folha confirmadas pela Fórum, a ex-presidente Dilma Rousseff irá transferir seu domicílio eleitoral para Minas Gerais às 11h30 desta sexta-feira (6) no Tribunal Regional Eleitoral, em Belo Horizonte.

O governador de Minas, Fernando Pimentel (PT), deve acompanhá-la. Militantes petistas preparam uma mobilização para receber a ex-presidente.

Dilma vai concorrer a uma vaga no Senado por Minas Gerais e, segundo a legislação eleitoral, deve definir seu domicílio até seis meses antes da eleição.

Segundo fontes do PSDB, no entanto, Andrea Neves, irmã do senador e histórica articuladora do tucano, admite aos aliados a hipótese de Aécio ser candidato à Câmara.

Se a candidatura do senador Aécio Neves (PSDB-MG) à reeleição se confirmar, o tucano e a petista voltarão a se enfrentar nas urnas, como na eleição presidencial em 2014.

Atualmente, o domicílio eleitoral da petista está no Rio Grande do Sul, terra de seu ex-marido e onde se radicou após ser presa pela ditadura militar. Dilma, porém, é nascida em Belo Horizonte.

Veja também:  No programa do Ratinho, Moro tenta amenizar embate com a Câmara por pacote anticrime

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum