Imprensa livre e independente
03 de maio de 2017, 13h44

“Direita São Paulo”: os xenófobos que querem exterminar imigrantes

“Vamos matar”, “Operação de eliminação”, “Raça ruim”, “Tinha que ter linchado” — são expressões frequentes nas publicações do movimento que agora se diz “agredido” por antifascistas Por Cauê Seignemartin Ameni, no Outras Palavras Os artigos da lei 7.716 são claros: Art 1: “Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”; Art 20: “Praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”. Embora não sejam seguidos pelas autoridades. Na página do evento “Marcha Contra A Lei Da Imigração”, convocado pelo movimento Direita São...

“Vamos matar”, “Operação de eliminação”, “Raça ruim”, “Tinha que ter linchado” — são expressões frequentes nas publicações do movimento que agora se diz “agredido” por antifascistas

Por Cauê Seignemartin Ameni, no Outras Palavras

Os artigos da lei 7.716 são claros: Art 1: “Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”; Art 20: “Praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”. Embora não sejam seguidos pelas autoridades.

Na página do evento “Marcha Contra A Lei Da Imigração”, convocado pelo movimento Direita São Paulo, manifestação que resultou na detenção dos palestinos e militantes anti-fascistas, a autodenominada “marcha” associava os imigrantes com terroristas: “contra a aberração que abrirá as portas ao terrorismo (…) o Brasil não será entregue aos terrorista”.

Após a confusão, onde apenas o grupo contrário às propostas xenofóbicas do ato teve membros detidos, os integrantes do movimento Direita São Paulo alegaram fazer uma manifestação pacífica. Mas seus membros eram realmente pacíficos?

Veja também:  Moradores de favelas do RJ descerão os morros em ato contra a violência policial

No discurso frente às câmeras sim, mas na página do grupo, onde foram postadas fotos e vídeos da briga, membros do movimento incitam não só à violência mas à eliminação dos imigrantes.

O movimento é povoado por fãs do deputado de extrema-direita Jair Bolsonaro, e pregam como solução a formação de milicia armada para “matar” e “cortar o mau pela raiz”. Na visão deles, os imigrantes são “terroristas” e “comunistas vagabundos”.

Selecionamos algumas delas:

13-e1493821546565 12-1-e1493821558743 11-e1493821574902 10-2-e1493821587733 9-1-e1493821599347 8-1-e1493821618706 6-e1493821636113 4-1-e1493821656934 3-e1493821670880 2-e1493821683178 1-e1493821699999 7-1-e1493821742919

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum