13 de agosto de 2018, 18h23

Direita se revolta com “Fernando Lula Haddad”

Haddad, vice na chapa do PT à presidência, planeja registrar sua candidatura usando o nome de Lula; pesquisas já comprovaram que o nome do ex-prefeito ganha popularidade ao ser associado ao do ex-presidente

Foto de Haddad com barba já até virou meme (Reprodução/Twitter)

Páginas e perfis de direita, principalmente apoiadores do deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ), se revoltaram com a notícia de que o vice na chapa do PT para a presidência, Fernando Haddad, planeja registrar sua candidatura como “Fernando Lula Haddad”. Pesquisa recente aponta que o ex-prefeito ganha popularidade quando seu nome é associado ao do ex-presidente.

A direita, no entanto, não gostou. “Lula é um presidiário inelegível. Acorda e respeite as leis e a justiça brasileira”, escreveu um internauta. Apoiadores de Lula e Haddad, então, responderam: “Pra quem tá bravo com o “Fernando Lula Haddad”, sugiro que a prática se repita entre os outros candidatos. Que tal: – Geraldo ‘Aécio’ Alckmin – Jair ‘Eduardo Cunha’ Bozonaro. Fica a dica”, postou a deputada federal Margarida Salomão (PT-MG).

Confira parte da repercussão.