01 de agosto de 2018, 18h14

Dirigentes do PT entram com recurso para manter candidatura de Marília Arraes

A neta de Miguel Arraes brigava pela liderança nas pesquisas de intenções de votos para o governo de Pernambuco

(Foto Divulgação)

Apesar da resolução do PT, que definiu pelo acordo entre o partido e o PSB, o que acabou barrando a candidatura de Marília Arraes (PT), em Pernambuco, um grupo de dirigentes petistas optou por ingressar com recurso para manter a candidatura da neta de Miguel Arraes no estado nordestino. Marília brigava pela liderança nas pesquisas de intenções de voto ao governo do estado pernambucano.

Segue nota dos dirigentes:

Considerando,

que o esforço da direção partidária em conquistar alianças nacionais para fortalecer a candidatura de Lula à presidência da república fez adiar por três vezes o encontro estadual de Pernambuco;

Que aliança partidária formal nacional significa coligação e apoio à candidatura de Lula;

Que sabidamente o Encontro Estadual de Pernambuco se pronunciará pela defesa da candidatura de Lula e da construção de candidatura própria no estado, conforme orientou a direção partidária em todos as resoluções adotadas sobre tática eleitoral de 2018 em Pernambuco, onde a possibilidade da não candidatura do PT ocorreria no quadro de uma aliança nacional e formal do PSB com o PT;

Que o resultado concreto das negociações com o PSB resultaram no “não apoio” formal e nacional, e portanto não está dentro do que pode ser considerado dentro dos interesses partidários para vencer as eleições 2018;

Que a candidatura própria do PT, Marília Arraes, encontra-se empatada com os demais concorrentes e, pelas pesquisas, pode ser vitoriosa no primeiro e no segundo turno, representando uma grande força a favor da candidatura Lula e nosso projeto nacional;

Em defesa da democracia interna, recorremos ao Diretório Nacional da decisão da CEN sobre tática eleitoral do dia 01 de agosto de 2018.

Brasília, 1 de agosto de 2018

Ivan Alex, Mucio Magalhães, Silvana Donatti, Carlos Henrique Árabe, Renato Simões, Markus Sokol, Vilson Oliveira, Moara Saboia, Luizianne Lins, Marcio Tavares