Imprensa livre e independente
27 de outubro de 2016, 08h36

Discurso de estudante de 16 anos sobre ocupações viraliza nas redes

A fala de Ana Júlia defendendo a legitimidade do movimento surpreendeu os deputados na Assembleia Legislativa do Paraná.

A fala de Ana Júlia defendendo a legitimidade do movimento surpreendeu os deputados na Assembleia Legislativa do Paraná Por Redação O discurso da estudante secundarista Ana Júlia Pires Ribeiro tomou conta das redes sociais. Ela foi escolhida para falar na Assembleia Legislativa do Paraná sobre a mobilização que já ocupa cerca de 800 escolas no estado. Aluna do Colégio Estadual Senador Manuel Guimarães, em Curitiba, a adolescente de 16 anos fez questão de defender a legitimidade do movimento. “A nossa única bandeira é a educação e é apartidária”, disse. Ana Júlia criticou o projeto Escola Sem Partido e a PEC...

A fala de Ana Júlia defendendo a legitimidade do movimento surpreendeu os deputados na Assembleia Legislativa do Paraná

Por Redação

O discurso da estudante secundarista Ana Júlia Pires Ribeiro tomou conta das redes sociais. Ela foi escolhida para falar na Assembleia Legislativa do Paraná sobre a mobilização que já ocupa cerca de 800 escolas no estado. Aluna do Colégio Estadual Senador Manuel Guimarães, em Curitiba, a adolescente de 16 anos fez questão de defender a legitimidade do movimento. “A nossa única bandeira é a educação e é apartidária”, disse.

Ana Júlia criticou o projeto Escola Sem Partido e a PEC 241, que congela os gastos públicos durante vinte anos. Emocionada, a jovem ainda rechaçou a ideia de que a luta pela melhoria do ensino seja violenta e que os alunos estejam doutrinados por partidos de esquerda. “É um insulto a nós, que estamos lá, nos dedicando, procurando motivação todos os dias, sermos chamados de doutrinados. É um insulto aos estudantes, aos professores”, afirmou.

Veja a seguir.

Veja também:  Por nomeação de executivo que trabalhou na gestão PT, Bolsonaro quer demitir Levy

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum