À Beira da Palavra

12 de dezembro de 2014, 16h37

Dólar Futebol Clube

Dólar Futebol Clube e só jogo feio. Os 7 a 1 de cada dia.

Por Allan da Rosa

Dólar Futebol Clube e só jogo feio. Os 7 a 1 de cada dia.
A mulecada boa de bola do meu Corinthians toda na mão de empresário. Joga 10 partidas, faz 3 gols e zarpa pra Conchinchina. O mesmo empresário roda a banca e traz outro boleiro chulé em troca, arriado, armado e tudo é na base de milhões. Técnicos pedem 500, 600, 700 mil por mês. Ó o salário do professor no Brasil…

Que vão pra Europa os medalhões então, deixa só quem tem casca, sangue e traquinagem. Mais feio do que tá o jogo não pode ficar. E só se fala em zilhões.
Flunimed deve até os meião, Flamengo penhora as traves, o Grêmio pra falir, o Galo, o Palmeiras, tudo em concordata. E a retranca nossa de cada dia domina.
Jogo termina meia-noite e o metrô até muda horário… pra rede globo. Dane-se o canto da arquibancada.
Nosso vício? Vou ver golzinho de chinelo na rua, criançada brinca e faz golaço de voleio. Rapaziada dá rolinho e joga pra golear. Ou domingão com os veteranos no campão da Vila Guarani, no bailado com a gorducha. Toque sutil, elegância e malícia, sobra palavrão e graça.

Veja também:  O mercado e a Globo já decidiram: vão trocar o capitão pelo general

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum