23 de outubro de 2018, 17h59

Doria divulga vídeo ao lado da esposa e se diz vítima de fake news

Ao lado de Bia Doria, que não falou nada e apareceu visivelmente constrangida, Doria afirmou que o vídeo íntimo associado a ele que circula nas redes sociais é uma montagem e que vai adotar medidas judiciais contra os autores

Reprodução/Facebook

O candidato do PSDB ao governo de São Paulo, João Doria, divulgou um vídeo na tarde desta terça-feira (23) em que se pronuncia sobre um vídeo íntimo associado a ele que circula nas redes sociais.

Ao lado de sua esposa Bia Doria, que não falou nada e apareceu visivelmente constrangida, o tucano afirmou que o vídeo é uma “produção grotesca” e uma “fake news.

“Hoje vi um vídeo vergonhoso, produzido por alguém que só quer o meu mal (…) Lamento que a campanha de São Paulo tenha chegado a esse nível”, disse. Mais cedo, a equipe de Doria também afirmou que o vídeo era uma montagem e sugeriu que Márcio França (PSB), adversário do ex-prefeito na disputa pelo Palácio dos Bandeirantes, estivesse envolvido na divulgação do fatídico vídeo.

França, por sua vez, refutou a acusação. “Repudiamos tanto a declaração do candidato, quanto a divulgação desse tipo vídeo. São Paulo não merece esse constrangimento. Doria não deve medir os outros pela sua régua”.

De acordo com Doria, um perito criminal já foi acionado para analisar o vídeo e a Justiça será acionada para identificar os autores.

Confira a resposta do tucano.