30 de janeiro de 2019, 11h00

Doria diz que pretende privatizar o Porto de Santos nos próximos dois anos

Afirmação vem na contramão das críticas que as privatizações têm recebido por conta da tragédia em Brumadinho

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
De acordo com nota do caderno Porto & Mar, do jornal A Tribuna, de Santos, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), declarou, durante sua participação em evento realizado nesta terça-feira (29) pelo banco Credit Suisse, em São Paulo, que dará prioridade à privatização do Porto de Santos. Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais Doria disse ainda que apoia a decisão do Governo Federal para a privatização ocorrer nos próximos dois anos. Na contramão das críticas que as privatizações têm recebido, por conta da tragédia em...

De acordo com nota do caderno Porto & Mar, do jornal A Tribuna, de Santos, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), declarou, durante sua participação em evento realizado nesta terça-feira (29) pelo banco Credit Suisse, em São Paulo, que dará prioridade à privatização do Porto de Santos.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

Doria disse ainda que apoia a decisão do Governo Federal para a privatização ocorrer nos próximos dois anos.

Na contramão das críticas que as privatizações têm recebido, por conta da tragédia em Brumadinho (MG), o governador disse ainda que vai pôr à venda a Hidrovia Tietê-Paraná, estradas e aeroportos paulistas, e afirmou que renovará o contrato com todas as empresas que já têm direito sobre as rodovias.

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais