Imprensa livre e independente
11 de abril de 2017, 09h00

Doria faz escola e Beco do Batman tem os grafites apagados

Moradores das imediações pintaram tudo de cinza. O local, considerado atração turística pela própria prefeitura, aparece no site da SPTuris como “um ponto turístico obrigatório para os amantes das artes urbanas”. Da Redação Depois que o próprio prefeito João Doria pintou de cinza os muros da Avenida 23 de Maio, apagando os grafites que haviam por lá, moradores das imediações resolveram seguir a sua trilha e apagar, na manhã deste domingo (9), os grafites dos muros do Beco do Batman. Veja aqui o vídeo, feito por Shlo OO e publicado no seu perfil do Facebook: O Beco do Batman, localizado...

Moradores das imediações pintaram tudo de cinza. O local, considerado atração turística pela própria prefeitura, aparece no site da SPTuris como “um ponto turístico obrigatório para os amantes das artes urbanas”.

Da Redação

Depois que o próprio prefeito João Doria pintou de cinza os muros da Avenida 23 de Maio, apagando os grafites que haviam por lá, moradores das imediações resolveram seguir a sua trilha e apagar, na manhã deste domingo (9), os grafites dos muros do Beco do Batman. Veja aqui o vídeo, feito por Shlo OO e publicado no seu perfil do Facebook:

O Beco do Batman, localizado na Vila Madalena, é uma atração turística de São Paulo. Ele aparece como referência no site da SPTuris, o Site Oficial de Turismo da Cidade de São Paulo. No site o local é tratado como O Beco “um ponto turístico obrigatório para os amantes das artes urbanas. A cada visita, uma nova pintura é encontrada no local, o que faz que o visitante retorne mais de uma vez para apreciar as obras”.

Veja também:  Um grande acordo nacional com a extrema direita, com o judiciário, com tudo

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum