ASSISTA
20 de dezembro de 2016, 12h44

Dória, na contramão do mundo, aumenta velocidade nas Marginais

Medida vai na contramão das grandes capitais do mundo. Redução de velocidade implantada por Haddad diminuiu acidentes com vítimas e lentidão na pista Da Redação com informações do Broadcast Político Apesar da redução de velocidade das marginais terem diminuído o número de acidentes com vítimas em 38,5% e também a lentidão na pista em 8,7%, […]

Medida vai na contramão das grandes capitais do mundo. Redução de velocidade implantada por Haddad diminuiu acidentes com vítimas e lentidão na pista

Da Redação com informações do Broadcast Político

Apesar da redução de velocidade das marginais terem diminuído o número de acidentes com vítimas em 38,5% e também a lentidão na pista em 8,7%, o prefeito eleito de São Paulo João Dória anunciou na manhã desta terça-feira (20) que vai aumentar a velocidade novamente. A medida é uma das promessas de campanha que vai na contramão das grandes capitais do mundo, privilegiando o carro particular em detrimento do transporte público e bicicletas.

Um grupo de cicloativistas quer tentar barrar a medida. Integrantes do Ciclocidade fizeram na última semana um mapeamento do fluxo de pedestres e ciclistas em dois trechos das Marginais: na Ponte da Freguesia do Ó, na zona norte, e no cruzamento entre a Avenida das Nações Unidas (Marginal do Pinheiros) e a Avenida João Dória, na zona sul.

O objetivo é mostrar que há grande número de pessoas corre mais risco de acidentes com a mudança. O levantamento será apresentado ao Ministério Público Estadual (MPE). “Nossa ideia é mostrar como as vias locais não podem simplesmente ser colocadas no bojo das vias expressas, como se todas se comportassem da mesma maneira”, diz o diretor-geral do Ciclocidade Daniel Guth. Nesta terça-feira, 20, a gestão Doria deve apresentar seu plano para mudar a velocidade nas Marginais sem aumentar a insegurança para pedestres e ciclistas.
Para os veículos leves, Doria anunciou que vai aumentar de 70 km/h para 90 km/h a velocidade nas vias expressas. De 60 km/h para 70 km/h na pista central e de 50 km/h para 60 km/h na pista local – apenas a primeira faixa da pista local terá mantida os 50 km/h como limite. Para veículos pesados, serão mantidos os limites atuais, de 60 km/h para as pistas expressas e centrais e 50 km/h, para as locais.

Você gosta de ler a Fórum? Então vai pra Cuba! Fique sócio agora e concorra a uma viagem por nossa conta em 2017.