13 de dezembro de 2018, 06h54

Dória pede helicópteros para ir da Alesp ao Palácio dos Bandeirantes; trajeto tem 7,5km

O primeiro helicóptero é para ele e sua entourage. Outro para o vice, Rodrigo Garcia (DEM) e seus acompanhantes. A distância entre a Assembleia Legislativa e o Palácio dos Bandeirantes é de 7,5 km. 

Reprodução/Facebook

O Painel da Folha de hoje revela que João Dória solicitou para o staff que está organizando sua posse no governo de São Paulo dois helicópteros para fazer o descolamento da Assembleia Legislativa até o Palácio dos Bandeirantes. Além disso, também reivindicou um jatinho para depois de sua posse seguir até Brasília para a de Bolsonaro.

O primeiro helicóptero é para ele e sua entourage. Outro para o vice, Rodrigo Garcia (DEM) e seus acompanhantes.

A distância entre a Assembleia Legislativa e o Palácio dos Bandeirantes é de 7,5 km. Como São Paulo estará vazia no dia 1 de janeiro, quando se dá a posse de governadores e do presidente da República, o trajeto seria realizado de carro em no máximo 15 minutos.

É provável que de helicóptero Dória e sua comitiva percam mais tempo entre decolagem e aterrisagem. A questão, porém, não parece ser a distância nem o tempo gasto, mas a pompa. Da qual o novo governador parece não estar disposto a abrir mão nem em tempos de imensa crise econômica.


#tags