Imprensa livre e independente
15 de maio de 2019, 13h27

É greve porque é grave

Cortar a educação é estratégia para submeter o Brasil a grupos econômicos organizados para explorar nossas riquezas e nosso povo até a exaustão

É hoje o dia de unir o Brasil em torno de um projeto de futuro. Estamos no limite. Precisamos dar um basta no desgoverno e no projeto de destruição do Brasil pelo neoliberalismo mais agressivo e predador. É questão de vida ou morte. Cortar a educação é estratégia para submeter o Brasil a grupos econômicos organizados para explorar nossas riquezas e nosso povo até a exaustão. Cortar a educação é destruir toda esperança no futuro. É condenar o nosso país ao medo, à miséria e ao abandono. Em defesa da educação, estaremos unidos e mais fortes para libertar nosso país...

É hoje o dia de unir o Brasil em torno de um projeto de futuro.

Estamos no limite. Precisamos dar um basta no desgoverno e no projeto de destruição do Brasil pelo neoliberalismo mais agressivo e predador.

É questão de vida ou morte.

Cortar a educação é estratégia para submeter o Brasil a grupos econômicos organizados para explorar nossas riquezas e nosso povo até a exaustão.

Cortar a educação é destruir toda esperança no futuro. É condenar o nosso país ao medo, à miséria e ao abandono.

Em defesa da educação, estaremos unidos e mais fortes para libertar nosso país dessa onda de destruição, retrocesso e violência representada pelo desgoverno Bolsonaro.

Vamos mostrar que não abrimos mão de nossas vidas, de nossos sonhos e de nossos direitos.

Não aos cortes. Sim à educação democrática e de qualidade.

Não aos cortes. Sim a um futuro com justiça, respeito e igualdade de direitos.

Viva a educação! Viva o Brasil e o povo brasileiro!
Venceremos!

 

Veja também:  Bolsonaro faz ironia sobre investigações de candidaturas laranjas do PSL

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum