Imprensa livre e independente
06 de setembro de 2016, 18h13

EBC: Nomeado irregularmente por Temer e afastado pelo STF, Rímoli continua recebendo salário

O jornalista nomeado por Michel Temer para presidir a EBC continua recebendo salário de presidente da empresa mesmo depois de ter sido afastado pelo STF, que considerou irregular a indicação do governo Temer. Irônico, ele se diz “a Dilma” da empresa Por Redação O jornalista Laerte Rímoli, nomeado irregularmente por Michel Temer para presidir a Empresa Brasil de Comunicação (EBC), continua recebendo salário de presidente da empresa mesmo depois de ter sido afastado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Os vencimentos variam, em junho ele recebeu R$ 29.757 e, em agosto, R$ 21.895. As informações são da coluna da jornalista Mônica Bérgamo,...

O jornalista nomeado por Michel Temer para presidir a EBC continua recebendo salário de presidente da empresa mesmo depois de ter sido afastado pelo STF, que considerou irregular a indicação do governo Temer. Irônico, ele se diz “a Dilma” da empresa

Por Redação

O jornalista Laerte Rímoli, nomeado irregularmente por Michel Temer para presidir a Empresa Brasil de Comunicação (EBC), continua recebendo salário de presidente da empresa mesmo depois de ter sido afastado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Os vencimentos variam, em junho ele recebeu R$ 29.757 e, em agosto, R$ 21.895. As informações são da coluna da jornalista Mônica Bérgamo, na Folha de S.Paulo.

A nomeação de Rímoli foi muito criticada por não ter respeitado o estatuto da EBC, que proibia indicações estatais, e foi suspensa pelo STF, que considerou irregular a indicação do governo Temer.

“Eu só não receberia se fosse demitido. Fui afastado [pela liminar]. Eu era presidente, como serei daqui a pouco de novo. Eu sou a Dilma da EBC”, disse Rímoli com ironia ao jornal Folha de S.Paulo.

Laerte Rímoli participou da campanha presidencial de Aécio Neves (PSDB-MG) e chefiou a comunicação da Câmara dos Deputados na gestão de Eduardo Cunha.

Veja também:  Moro não tem provas contra Lula; Lula tem provas contra Moro

Foto de Capa: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum