ASSISTA
14 de Abril de 2014, 13h06

Edições do primeiro jornal gay do Brasil podem ser lidas online

Jornal "O Lampião de Esquina" marcou época ao retirar a pauta LGBT do armário em pleno regime de censura

Jornal “O Lampião de Esquina” marcou época ao retirar a pauta LGBT do armário em pleno regime de censura

Por Redação

Fruto de um projeto da ONG Grupo Dignidade, todas as edições daquele que pode ser considerado o primeiro jornal destinado ao público LGBT, o Lampião de Esquina, fundado em 1978, podem ser lidas online.

Em plena ditadura militar os ativistas João Silvério Trevisan, Darcy Penteado, Aguinaldo Silva, Peter Fry e João Antônio Mascarenhas fundaram a publicação que, mesmo tendo durado apenas quatro anos, marcou época por tirar a pauta LGBT do armário em pleno regime militar e de censura.

Em formato tabloide, o Lampião causou furor no seu curto tempo de existência (1978-1981), pois, contra o establishment homossexual à época, o meio utilizava palavras como “bicha” e levou à capa figuras como Fernando Gabeira e Lula. Além da questão editorial, o jornal foi também um forte catalisador da primeira onda de grupos ativistas do Brasil.

As edições do jornal “O Lampião de Esquina” podem ser conferidas aqui.