#FÓRUMCAST
01 de julho de 2018, 08h57

Editora Abril deve fechar maioria das revistas e demitir 300 funcionários

A Abril, que edita a revista Veja, teve prejuízo de R$331,6 milhões no ano passado

Foto: Ninja

A crise bateu com força na Editora Abril e a empresa, que edita a Veja, deve extinguir quase todas as suas revistas a partir de julho e demitir, pelo menos, 300 funcionários. As informações são do Poder 360.

De acordo com o site, apenas três revistas continuarão existindo: Veja, Exame e Claudia.

A extinção das revistas e as demissões se devem ao prejuízo recorde que a editora teve no ano passado, de R$331,6 milhões, 140% maior que o de 2016.

Em artigo publicado em maio deste ano do Diário do Centro do Mundo, Miguel Enriquez já falava sobre os prejuízos recordes da Abril e aventava a possibilidade de a editora recorrer à recuperação judicial. O autor explicava ainda como a crise da editora tinha relação com as fake news e os processos contra a revista Veja. Leia aqui.