Imprensa livre e independente
18 de abril de 2018, 13h00

Eduardo Azeredo diz que a sua provável prisão é compensação ao PT

A sua prisão poderá acontecer na próxima semana, após finalizados os recursos à condenação em segunda instância

O ex-governador de Minas e ex-presidente nacional do PSDB Eduardo Azeredo poderá ser o primeiro tucano preso pelo mensalão mineiro, e ele diz que isto acontecerá por compensação ao PT. “Os fatos agora mostram isso. Você vê que continua desse jeito. Você tem que achar alguém para poder compensar”, disse o tucano. “Não pode ser outra coisa do que uma tentativa de compensação. Os petistas mesmo, vira e mexe, falam isso: ‘E o Eduardo Azeredo? E o Eduardo Azeredo?’”, disse ao Estadão Azeredo declarou ainda: “Eu espero que Deus ilumine os desembargadores”, que insiste na tese de que seu processo e condenação...

O ex-governador de Minas e ex-presidente nacional do PSDB Eduardo Azeredo poderá ser o primeiro tucano preso pelo mensalão mineiro, e ele diz que isto acontecerá por compensação ao PT.

“Os fatos agora mostram isso. Você vê que continua desse jeito. Você tem que achar alguém para poder compensar”, disse o tucano. “Não pode ser outra coisa do que uma tentativa de compensação. Os petistas mesmo, vira e mexe, falam isso: ‘E o Eduardo Azeredo? E o Eduardo Azeredo?’”, disse ao Estadão

Azeredo declarou ainda: “Eu espero que Deus ilumine os desembargadores”, que insiste na tese de que seu processo e condenação são uma forma de compensação pela sentença de petistas no caso do mensalão e, mais recentemente, pela prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado na Lava Jato.

A sua prisão poderá acontecer na próxima semana, após finalizados os recursos à condenação em segunda instância no chamado mensalão mineiro.

Os embargos infringentes, última apelação antes da execução penal após a sentença da 9.ª Câmara Criminal de Belo Horizonte, serão analisados no dia 24.

Veja também:  Paulo Guedes x Rodrigo Maia, a mais nova crise do governo Bolsonaro

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum